Autoatendimento - Executivos Financeiros - Executivos Financeiros http://executivosfinanceiros.com.br Sat, 22 Sep 2018 04:08:51 +0000 Joomla! - Open Source Content Management pt-br Diebold Nixdorf integra operações de bancos com varejo http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/6355-diebold-nixdorf-integra-operacoes-de-bancos-com-varejo http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/6355-diebold-nixdorf-integra-operacoes-de-bancos-com-varejo Diebold Nixdorf integra operações de bancos com varejo

Digitalização propicia atendimento de valor agregado, mais ágil e sobretudo personalizado

Conforme a demanda por conveniência no atendimento evolui, a inteligência trabalha, juntamente com a tecnologia, para criar novos negócios. Seguindo esse conceito, é preciso ouvir o que o consumidor quer e implementar soluções personalizadas. A Diebold Nixdorf, player global em automação bancária e comercial, trabalha no desenvolvimento da conexão dos mundos físico e digital.

Presente na 28ª edição do Congresso e Exposição de Tecnologia da Informação do setor financeiro no Transamerica Expo Center em São Paulo, a empresa apresenta a integração dos segmentos financeiro e de varejo por meio do Self-Checkout eXpress conectado ao reciclador CS6010.

Mais do que oferecer pagamento em dinheiro, cartão de crédito ou débito e a dispensa do troco, a integração das soluções permite a realização de saques e depósitos no mesmo equipamento por meio da gestão do volume de numerários do reciclador. Além da agilidade no atendimento, o produto gera mais segurança e otimiza gastos com transportes de valores.

De acordo com Elias Rogério da Silva, presidente da Diebold Nixdorf no país, a tendência de integração entre mercados precisa ser realizada com a ajuda da tecnologia. "À medida que as pessoas e coisas estão se tornando cada vez mais digitais, vemos oportunidades em promover novos conceitos para um atendimento de valor agregado, ágil e, acima de tudo, personalizado. Por isso, nosso foco é nos mantermos no protagonismo de um mundo digital e ajudar os mercados a estarem nele também", comenta.

Durante o CIAB os visitantes também poderão conhecer a plataforma de serviços All Connected Services™, que aumenta a agilidade e a eficiência dos canais e diferencia a jornada do consumidor final. Com opções de monitoração, gestão remota para solução de falhas e notificações por meio de processos automáticos 24×7, a plataforma gerencia a disponibilidade de numerário na rede bancária e faz toda a gestão de configuração de equipamentos e suporte operacional. "Por meio de nossa plataforma de serviços, trazemos a operação do cliente para dentro da Diebold Nixdorf, proporcionando alto desempenho nos processos de monitoração", explica Elias.

Experiências personalizadas

Acompanhando a linha de digitalização dos mercados com segurança, a plataforma Vynamic™ permite que os bancos e varejistas criem experiências personalizadas, baseadas em conexões, tanto nos canais digitais como nos físicos. Dentro da suíte Vynamic™, outras ferramentas são responsáveis por manter a gestão de bancos e varejo. Entre elas estão:

- Vynamic Cash Cycle Optimizer (CCO) - responsável pela gestão e otimização do ciclo de numerário, que garante maior eficiência na aplicação do recurso financeiro;

- Vynamic View (Proview) - plataforma de gestão de terminais do mercado, preparada para a monitoração de equipamentos de autosserviço, mobilidade e IoT;

- Vynamic Mobile - garante interoperabilidade, segurança e maior velocidade no desenvolvimento de soluções.

Em complemento a essa suíte, a plataforma SERVCore Ominichannel também é apresentada no estande da Diebold Nixdorf. A solução permite aos usuários a personalização de suas interfaces, criar atalhos para transações mais utilizadas, além de permitir transações entre os meios físico e digital. Baseado no conceito de Open APIs, ele atende também demandas do comércio conectado.

A empresa também mostra no CIAB 2018 a Suite Online Fraud Detection (OFD), que reduz o risco de fraude em canais digitais e é essencial para evitar prejuízos financeiros e comprometimento de receita. Como complemento ao OFD, a solução multibiométrica da fornecedora oferece rápida integração em todos os pontos de contato, desde a coleta de dados ao cadastramento dos correntistas.

"A segurança é uma característica que deve ser valorizada em toda e qualquer plataforma. Por isso, nos empenhamos em todos os ciclos de prevenção, monitoramento e gerenciamento constante. Esses passos são estratégicos para o negócio e otimizam a cadeia de serviços, evitando o surgimento de problemas que possam impactar o atendimento aos usuários", complementa Elias.

Já para atendimentos ágeis e personalizados, a DN apresenta os chatbots, assistentes virtuais para canais bancários e de varejo, e que no evento poderão auxiliar os visitantes do estande no processo de abertura de conta digital via plataforma Mobile e também na instalação de agentes de proteção para canais digitais, garantindo maior conveniência para o usuário e eficiência para a instituição financeira. 

Conveniência em operações financeiras no varejo 

"O processo de compra está em um novo patamar, com soluções que priorizam a qualidade no atendimento e que dão autonomia para que o consumidor decida o que quer e como quer pagar", explica Elias. Pensando nisso, o smartPOS Sophia é exposto pela primeira vez no Brasil e mostra como a personalização de atendimento é possível por meio do marketplace AEVI.

Com a opção de baixar apps, a loja virtual de aplicativos disponibiliza serviços customizados de acordo com a linha do negócio bancário ou varejista, e oferece novas opções a um ponto de venda que vão além do pagamento de compras ou fechamento de comanda.

O Sophia integra leitores de cartões magnéticos, NFC, um leitor de código de barras e uma câmera de 5 megapixels. Para uma versão com impressora e maior em tamanho, a DN apresenta o smartPOS Albert, equipamento que tem formato de tablet.

Seguindo a linha de pontos de vendas inovadores, o moPOS é um POS móvel conectado a uma base central. Com formato de tablet, ele possui conectividade para promover mobilidade no atendimento aos clientes em qualquer lugar a qualquer hora, melhorando a experiência de compra do consumidor.

]]>
Autoatendimento Thu, 14 Jun 2018 00:00:00 +0000
Parceria traz solução para depósito de cheques sem envelope http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/6354-parceria-traz-solucao-para-deposito-de-cheques-sem-envelope http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/6354-parceria-traz-solucao-para-deposito-de-cheques-sem-envelope Parceria traz solução para depósito de cheques sem envelope

HID Global e Recognition lançam TCR – Totem de Captura Remota, solução de autoatendimento cashless

A HID Global®, especializada em soluções de identidade, em parceria com a Recognition, brasileira dedicada à fabricação e integração de automação bancária, lança o TCR - Totem de Captura Remota, solução de totem de autoatendimento com depósito de cheques sem envelope. 

A solução usa sensores de impressão digital multiespectrais da HID Global integrados à tecnologia da Recognition para fazer o depósito em cheque sem envelope. A empresa explica que o lançamento faz parte de um novo conceito de produto: o "ATM Cashless", que fornece todos os serviços integrados ao sistema bancário, com exceção do saque no caixa eletrônico. 

E conta com a tecnologia de impressão digital da HID Lumidigm®, do grupo HID Global®, que captura características únicas da superfície e subsuperfície da pele. Segundo a empresa, a solução funciona em todas as condições adversas de captura de impressão digital, como dedos úmidos, secos ou danificados, sujeira, graxa ou luz do sol, ou condições de umidade ou frio. 

As soluções de biometria da companhia também contam com recursos de "detecção de atividade" para eliminar fraudes ou falsificação de digitais. Os dispositivos utilizam algoritmo certificado pelo MINEX III, maior padrão de impressão digital do setor. 

“Os sensores biométricos fornecem uma maneira altamente intuitiva de aumentar a segurança para os clientes do banco, além de proporcionar maior conveniência para os usuários”, ressalta o diretor de vendas de soluções biométricas para a América Latina da HID Global, Juan Carlos Tejedor.

 A tecnologia de captura de imagem multiespectral da HID Lumidigm é utilizada atualmente em bancos e agências governamentais na América Latina e está ajudando a melhorar a experiência dos clientes na interface com bancos, principalmente na modalidade ATM.  

 

 

]]>
Autoatendimento Mon, 11 Jun 2018 00:00:00 +0000
NCR traz tecnologia de self-checkout para o Brasil http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/6346-ncr-traz-tecnologia-de-self-checkout-para-o-brasil http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/6346-ncr-traz-tecnologia-de-self-checkout-para-o-brasil NCR traz tecnologia de self-checkout para o Brasil

Solução possibilita facilitar a operação do varejo e propiciar comodidade com o autoatendimento dos clientes

Preparar o mercado varejista para atender o consumidor moderno também faz parte do compromisso da NCR Corporation que já atua na implantação de soluções de tecnologia como o self-checkout para varejistas de 39 países e agora apresenta a tecnologia para o autoatendimento também no mercado brasileiro.

O self-checkout tornou-se uma das soluções mais reconhecidas do portfólio da NCR para a transformação das lojas, principalmente por ser uma alternativa para o cliente finalizar suas compras de maneira ágil e conveniente com o autoatendimento, evitando as longas filas para pagamento nos caixas tradicionais.

“É uma experiência diferente para o consumidor brasileiro que hoje se adapta facilmente às comodidades proporcionadas pelas novas tecnologias ao sentir naturalmente as vantagens no seu dia a dia”, comenta Raquel Thomé, diretora de vendas para a divisão de varejo da NCR no Brasil. A executiva acrescenta que “hoje o consumidor escolhe como e onde quer ser atendido, como vai pagar pela sua compra, então o self-checkout é uma experiência que o varejista também precisa disponibilizar ao cliente”.

O self-checkout da NCR possui três etapas para a realização do autoatendimento: o consumidor registra seus produtos por meio da leitura do código de barras que transmite as informações na tela do equipamento, em seguida coloca os itens na área de empacotamento e efetua o pagamento da sua compra com a impressão do comprovante fiscal.

Totalmente intuitivo, o self-checkout NCR garante um serviço de alto nível ao varejista que, por sua vez, proporciona mais liberdade e autonomia para o consumidor dentro da sua loja.   “Personalizar a experiência é fundamental e ter a capacidade de oferecer uma solução de tecnologia de acordo com as preferências do consumidor, desde a adaptação da sua linguagem, método de pagamento e recebimento, são exemplos simples para o bom relacionamento, além de tornar a experiência mais eficiente e recompensadora”, explica Raquel.

O self-checkout NCR é equipado com as tecnologias mais avançadas em segurança, inclusive para a venda de produtos restritos como bebidas alcoólicas e cigarros. Neste caso, ao se escanear estes itens, uma luz amarela é acesa para que a compra seja autorizada somente após a apresentação de documento que comprove a idade mínima de 18 anos.

“A NCR é líder e pioneira na solução de self-checkout no mundo e agora oferece ao Brasil mais este diferencial em seu portfólio em um momento de reinvenção do mercado”, conclui Raquel.

]]>
Autoatendimento Mon, 14 May 2018 00:00:00 +0000
Banco24Horas inaugura loja conceito em Porto de Galinhas http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/6311-banco24horas-inaugura-loja-conceito-em-porto-de-galinhas http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/6311-banco24horas-inaugura-loja-conceito-em-porto-de-galinhas Banco24Horas inaugura loja conceito em Porto de Galinhas

Novo espaço conta com oito caixas eletrônicos e monitoramento 24 horas por dia

A Rede Banco24Horas, operada e gerida pela TecBan, mantém seu ritmo acelerado de expansão. Neste mês, uma nova loja conceito foi inaugurada na Rua Beijupirá, uma das principais ruas de Porto de Galinhas, em Pernambuco.

Os comerciantes, a população e os turistas que frequentam o local agora podem contar com oito caixas eletrônicos em um mesmo ambiente. O espaço, exclusivo para os serviços do Banco24Horas, é preparado para atender a todos os públicos e conta com monitoramento em tempo real, 24 horas por dia.

O desenvolvimento do conceito de loja teve o objetivo de garantir maior proximidade, inovação e conveniência, proporcionando aos clientes dos mais de 40 bancos que utilizam a rede de autoatendimento uma nova experiência com a marca.

No Banco24Horas, a população tem acesso a saques, consultas de saldo, emissão de extrato e pagamento de contas, entre outras transações, sem pagar nada a mais por isso.

A rede conta com mais de 21.200 caixas eletrônicos instalados em supermercados, padarias, shoppings, postos de gasolina, entre outros pontos de comércio de todo o país. Nos locais onde está presente, o Banco24Horas contribui com o acesso da população bancarizada, o desenvolvimento econômico das cidades e aumento do fluxo de clientes e do volume de vendas.

Os caixas eletrônicos ficam disponíveis 24 horas por dia, sete dias por semana (ou conforme o horário de funcionamento dos estabelecimentos onde estão instalados).

O cliente bancário de conta corrente pessoa física conta com saques sem tarifa todos os meses no Banco24Horas. O número de saques é definido no momento da contratação do pacote mensal da conta pelo cliente. Para aqueles que não contrataram um pacote, o Banco Central determina o benefício de quatro saques sem tarifa todos os meses, considerando a soma das operações realizadas nos canais do banco e no Banco24Horas. Mais informações no site: www.banco24horas.com.br/para-voce/tarifas.

]]>
Autoatendimento Tue, 03 Apr 2018 00:00:00 +0000
Saque e Pague conquista certificação PCI-DSS http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/6294-saque-e-pague-conquista-certificacao-pci-dss http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/6294-saque-e-pague-conquista-certificacao-pci-dss Givanildo Luz, diretor-presidente da Saque e Pague

Empresa é a primeira rede de autoatendimento na América do Sul a ser certificada

A Saque e Pague, rede de autoatendimento multisserviços bancários e não bancários, é a primeira na América do Sul a ser certificada PCI Data Security Standard (PCI-DSS). 

A certificação é uma garantia para o usuário de que as transações realizadas nos terminais da Saque e Pague terão mais segurança no que se refere aos dados que circularem pela rede, ou seja, além de toda a confiabilidade já presente nas transações, usuários, estabelecimentos e parceiros estão ainda mais seguros. 

“Esse reconhecimento coloca a empresa em um novo patamar e demonstra que temos padrões internos rígidos para segurança da informação, além da aderência aos padrões internacionais”, comenta Givanildo Luz, diretor-presidente da Saque e Pague. 

O PCI-DSS, segundo o executivo, possibilitará novos negócios, inclusive internacionais, com o máximo de confiabilidade nas transações da rede. 

Para obter a certificação, a Saque e Pague atendeu aos 12 requisitos obrigatórios do PCI Security Standarts Council, que se subdividem em 315 sub-requisitos. Este projeto exigiu um intenso trabalho de toda a empresa, envolvendo mais de 4 mil horas e implantação de 10 novos sistemas de segurança, com instalação de mecanismos de hardware, software, processos e políticas. 

O PCI é um fórum aberto global para o contínuo desenvolvimento, aprimoramento, armazenamento, disseminação e implementação de padrões de segurança para a proteção de dados de contas. 

Os membros fundadores do Conselho, American Express, Discover Financial Services, JCB International, MasterCard e Visa Inc., concordaram em incorporar o PCI Data Security Standard (PCI DSS) como parte dos requisitos técnicos para cada um de seus programas de conformidade de segurança de dados*. 

*Fonte: https://www.pcisecuritystandards.org/about_us/

 

]]>
Autoatendimento Wed, 14 Mar 2018 00:00:00 +0000
Saque e Pague integra solução de autoatendimento ao projeto Pier X http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/6096-saque-e-pague-integra-solucao-de-autoatendimento-ao-projeto-pier-x http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/6096-saque-e-pague-integra-solucao-de-autoatendimento-ao-projeto-pier-x Givanildo Luz, diretor presidente da Saque e Pague

Terminal permite conectar o físico com o digital no suporte a transações ligadas a compras e entretenimento

A Saque e Pague, rede de autoatendimento multisserviços bancários e não bancários, está presente no Pier X, um empreendimento – localizado no 2º andar da expansão do Shopping Iguatemi Porto Alegre – que propõe ao cliente autonomia em suas experiências de compra e entretenimento.  

Por meio do aplicativo do Pier X, os frequentadores poderão efetuar compras no espaço, e o carregamento de créditos no aplicativo pode ser realizado usando o terminal de autoatendimento Saque e Pague. O aplicativo permite ainda compras usando cartões de crédito/débito que podem ser cadastrados na ferramenta.  

No terminal de autoatendimento, disponível no espaço Connect, o usuário pode efetuar depósito e saque em dinheiro no aplicativo do Pier X e o valor do deposito é creditado em tempo real. Além disso, é possível realizar as transações bancárias dos parceiros da rede Saque e Pague nos terminais. 

“Conectar o físico com o digital de uma forma que as pessoas tenham novas experiências através da tecnologia proporcionada pela inovação é um dos nossos objetivos”, comenta Givanildo Luz, diretor presidente da Saque e Pague.

O Pier X abriu para o público no dia 31 de outubro e funcionará até dezembro de 2018. A proposta do empreendimento é proporcionar experiência reunindo arte, gastronomia, compras, escola de rock, espaço para shows, entre outras opções.

]]>
Autoatendimento Mon, 06 Nov 2017 00:00:00 +0000
Nova pesquisa mostra que a NCR lidera em tecnologias para self-checkout e EPOS http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/5711-nova-pesquisa-mostra-que-a-ncr-lidera-em-tecnologias-para-self-checkout-e-epos http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/5711-nova-pesquisa-mostra-que-a-ncr-lidera-em-tecnologias-para-self-checkout-e-epos Nova pesquisa mostra que a NCR lidera em tecnologias para self-checkout e EPOS

Soluções buscam suportar experiência omnichannel e aumentar a fidelização de clientes no varejo

A NCR Corporation é líder mundial em self-checkout (SCO), de acordo com a pesquisa publicada pela RBR, empresa de pesquisas estratégicas e consultoria. De acordo com a RBR, a NCR lidera este mercado desde 2003, e mantém sua posição com 73% de participação nas remessas mundiais em 2016.

De acordo com o relatório “Global EPOS and Self-Checkout 2017” da RBR, a NCR também experimentou um aumento nas remessas de tecnologia para Ponto de Venda Eletrônico (Electronic Point of Sale - EPOS) em 2016, e, pelo terceiro ano consecutivo, manteve-se como o maior fornecedor de EPOS da América do Norte.

Os consumidores estão mudando: agora esperam por mais opções, estão sempre conectados e querem definir sua própria jornada de compras. Além disso, com as mudanças nos perfis das lojas, os principais revendedores estão buscando viabilizar o engajamento digital e oferecer opções de compras flexíveis, incluindo self-checkout, para atender às demandas dos clientes e sustentar um valor positivo para a marca. “A NCR está permitindo que varejistas em todo o mundo redefinam suas experiências de compra na loja e ampliem os pontos de contato com seus consumidores”, afirma Dirk Izzo, vice-presidente e gerente geral de Soluções para o Varejo da NCR Corporation. “Nossas soluções para a transformação dos canais ajudam nossos clientes a criar uma experiência fluida e omnichannel, ampliando a produtividade e fortalecendo a fidelidade dos clientes”, completa.

A RBR prevê que as remessas de EPOS e SCO continuarão a crescer, ano após ano, até 2022. A NCR ocupa a primeira posição em remessas de SCO em todas as principais regiões.

O estudo é baseado em pesquisas primárias, realizadas com fornecedores de tecnologia para o varejo em 53 mercados de 6 regiões, com amplas pesquisas secundárias complementares.

 

]]>
Autoatendimento Mon, 17 Jul 2017 00:00:00 +0000
NCR comemora o 50º aniversário do ATM http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/5616-ncr-comemora-o-50?-aniversario-do-atm http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/5616-ncr-comemora-o-50?-aniversario-do-atm NCR comemora o 50º aniversário do ATM

O equipamento da economia conectada disponibiliza interações móveis, recursos de vídeo e a capacidade de oferecer experiências mais inteligentes e interativas

Hoje, o ATM (Automated Teller Machine), também conhecido como caixa eletrônico, é considerado uma conveniência que, antes do lançamento na Inglaterra, em 1967, teria sido considerada inconcebível pelo consumidor comum.

Cinco décadas mais tarde, o ATM da economia conectada disponibiliza interações móveis, recursos de vídeo e a capacidade de oferecer experiências mais inteligentes e interativas. A NCR Corporation celebra a longa história de sucesso da indústria do ATM, bem como a evolução da tecnologia que permanece no centro dos esforços dos bancos para reinventar a experiência do varejo e transformar suas agências.

“Aquilo que começou como um simples dispositivo para transações monetárias é hoje uma plataforma indispensável que ajuda os bancos a transformar a experiência das agências e dos canais físicos existentes”, afirma Bill Nuti, presidente e CEO da NCR Corporation.

“Atualmente, graças aos esforços da NCR e da indústria como um todo, o ATM tornou-se uma ponte, uma forma de mesclar os canais digitais e físicos para proporcionar experiências conectadas aos consumidores, e uma ferramenta inestimável que promove a inclusão financeira e oportunidades em todo o mundo”, conclui.

Em seu longo histórico de inovação, a NCR destaca apenas alguns dos principais momentos para esta celebração:

  • 1967 – Barclays, em Londres, instala o primeiro ATM do mundo, no dia 27 de junho de 1967.
  • 1969 – O primeiro ATM das Américas faz sua estreia pública em Rockville Center, Nova York.
  • 1977 – A NCR lança seu primeiro ATM: o modelo 770, um revolucionário terminal de autoatendimento.
  • 1980s – A NCR apresenta o NCR 1780, seu ATM drive-up, em Baton Rouge, Los Angeles.
  • 1998 – A NCR instala um ATM em McMurdo Station, na Antártica: o ATM mais solitário do mundo.
  • 2000 – O número de instalações mundiais de ATM alcança a marca de 1 milhão de unidades.
  • 2014 – A NCR já conta com ATMs em mais de 120 países.
  • 2015 – A NCR lança o Kalpana™, plataforma de software corporativo que migra o software e as operações do ATM para a nuvem.
  • 2017 – A NCR lança o NCR SelfServ 80 Series, um ATM preparado para dispositivos móveis, criado para redefinir a experiência bancária.
  • 2017 – Bill Nuti, presidente e CEO da NCR, recebe o prêmio Lifetime Global Innovation da ATM Industry Association, em Londres.

 

]]>
Autoatendimento Thu, 29 Jun 2017 00:00:00 +0000
OKI Brasil expõe no Ciab ATMs que interagem com smartphones e soluções móveis http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/5481-oki-brasil-expoe-no-ciab-atms-que-interagem-com-smartphones-e-solucoes-moveis http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/5481-oki-brasil-expoe-no-ciab-atms-que-interagem-com-smartphones-e-solucoes-moveis OKI Brasil expõe no Ciab ATMs que interagem com smartphones e soluções móveis

No processo, as operações são validadas com biometria facial no smartphone e por impressão digital no caixa eletrônico, trazendo elevada conveniência e agilidade às operações

O ATM do futuro existe e a OKI Brasil o mostra em primeira mão no CIAB 2017: faz autenticação por multibiometria e atua conectado aos canais digitais, interagindo com smartphones e soluções móveis, tem reciclagem de notas e proteção contra ataques por explosão. O banco do futuro também oferece uma experiência cada vez mais personalizada ao correntista, apoiada na expansão da biometria. E se, numa primeira onda, as biometrias de impressão digital e de palm vein praticamente zeraram as fraudes de identidade, a próxima onda será a da multibiometria, com a adoção de novas plataformas biométricas, com destaque para a biometria facial.

 “No Brasil, os ATMs e recicladores têm que ser versáteis e ainda mais seguros para cumprir seu papel como um poderoso canal de negócios dos bancos e, em linha com essa necessidade, mostramos equipamentos integrados aos novos canais digitais , tornando os ATMs mais relevantes do que nunca, operando em conjunto com soluções móveis e alinhados às estratégias de transformação digital no setor financeiro”, comenta Wilton Ruas, presidente e CEO da OKI Brasil.

 De acordo com o executivo, a empresa desenvolve e está pronta para fornecer inovações em conveniência e segurança aos bancos, por meio da Plataforma Multibiométrica da OKI Brasil. “Antecipando um futuro em que as biometrias de impressão digital e de palm vein conviverão com outras tais como as biometrias de voz ou facial, a OKI criou uma solução capaz de gerenciar diversas biometrias de maneira unificada. A biometria de impressão digital promoveu elevada segurança e conveniência e agora a biometria facial trará essa comodidade na autenticação do correntista no autoatendimento, nas agências, complementando o processo, e também para dar maior integração e segurança aos canais móveis e digitais”, diz.

 Confira a seguir as principais inovações da OKI para o setor financeiro na edição 2017 do CIAB:

 ATM Integrado a canais móveis – para a OKI, a convergência dos canais digitais nos bancos passa pelos ATMs e a empresa mostra seu modelo Adattis Recycler integrando o autoatendimento aos canais móveis: as operações agendadas num smartphone são concluídas no ATM. No processo, as operações são validadas com biometria facial no smartphone e por impressão digital no caixa eletrônico, trazendo elevada conveniência e agilidade às operações.

 Câmbio e moedas digitais – os ATMS recicladores da OKI Brasil podem trabalhar com diversas moedas simultaneamente e fazer o câmbio de dólares ou euros por reais, incluindo aí o câmbio de moedas digitais com tecnologias Blockchain (como o Bitcoin, por exemplo) graças a um leitor ótico bidimensional: o dispositivo, que lê os códigos de barras de contas, também reconhece QR Codes impressos ou exibidos nas telas de celulares, usados no câmbio de moedas digitais.

 Tecnologia 3D no cadastro biométrico – a OKI, em linha com a próxima onda em biometria, focou na conveniência e comodidade ao pensar no cadastro biométrico facial dentro e fora do ambiente de agência, mostrando uma solução conceitual de Tecnologia 3D no cadastro biométrico, em que uma câmera especial com sensores infravermelhos e lentes separadas, com visão de profundidade, é usada para capturar um registro facial de qualidade.

 A solução pode cadastrar a face do usuário em qualquer ambiente, isolando-a das imagens de fundo. A proposta da OKI é de, no futuro, tornar mais fácil e simples o cadastro facial, mantendo sua confiabilidade e substituir os equipamentos convencionais, comumente encontrados, por exemplo, num Poupatempo (computador, câmera, flash, anteparos, etc.). Com a solução, basta ter um notebook equipado com a câmera especial para realizar o cadastro facial do correntista.

 ATM com biometria facial Face-Tracking – a OKI mostra uma solução no ATM que realiza a autenticação contínua do correntista por sua biometria facial, durante as operações, graças ao recurso Face-Tracking, que reconhece e acompanha usuário. Caso o correntista saia do campo visual do ATM, a operação em andamento pode ser finalizada automaticamente. Adicionalmente, o mecanismo também pode vincular os parâmetros faciais do correntista ao seu cadastro biométrico no banco, associando-o à impressão digital da pessoa, por exemplo.

 Biometria facial em canais móveis - os canais móveis são cada vez mais importantes na agenda do setor financeiro e a OKI Brasil propõe a adoção da biometria facial na validação de transações em smartphones. Com a biometria no autoatendimento e agências, os bancos praticamente zeraram os casos de fraude de identidade e agora é o momento de estender esta segurança e integridade aos canais digitais. Na solução OKI, que está pronta para chegar ao mercado, a face do usuário é reconhecida como se ele fizesse uma selfieao validar uma transação, com a imagem sendo comparada ao cadastro feito previamente na base de dados biométricos do banco.

 Segurança e eficiência operacional – além da integração à mobilidade e o uso da biometria, os ATMs da OKI Brasil como o Adattis Recycler trazem os benefícios da reciclagem de notas, que aumenta a conveniência e segurança para correntistas e bancos. ATMs recicladores têm custo operacional muito menor na comparação com caixas eletrônicos convencionais, pois dispõem de menor necessidade de reposição de notas por carros fortes: nos ATMs recicladores as notas depositadas são reutilizadas mais tarde por outras pessoas em saques. Os ATMs OKI aceitam depósitos em maços de notas, dispensando envelopes, checam se as notas são verdadeiras ou falsas e ainda permitem ao depósito ser creditado em tempo real na conta do correntista. Outro benefício dos caixas eletrônicos da empresa é que eles estão prontos para enfrentar o poder destrutivo dos ataques por explosão e sua resistência se dá pela adoção dos cofres bipartidos, em que mecanismos que lidam com as notas e os cassetes que as guardam ficam em compartimentos blindados separados, dificultando o acesso ao dinheiro. Adicionalmente, os cassetes da OKI podem contar ainda com o recurso de entintamento.

 

 

]]>
Autoatendimento Wed, 07 Jun 2017 00:00:00 +0000
Diebold Nixdorf apresenta no Ciab tendências de digitalização para o autoatendimento http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/5457-diebold-nixdorf-apresenta-no-ciab-tendencias-de-digitalizacao-para-o-autoatendimento http://executivosfinanceiros.com.br/autoatendimento/5457-diebold-nixdorf-apresenta-no-ciab-tendencias-de-digitalizacao-para-o-autoatendimento Diebold Nixdorf apresenta no Ciab tendências de digitalização para o autoatendimento

Modernização do design de ATMs, cofres inteligentes e terminais para agências 100% digitais são destaques da empresa no evento

A evolução da tecnologia no cotidiano da sociedade influencia as experiências de diversos setores, principalmente as relações dos consumidores com seus bancos. Atenta a essa cenário, a indústria bancária busca novas formas para oferecer aos clientes experiências adequadas a seu novo perfil.

No Brasil, instituições financeiras já contam com soluções que conectam diversos canais e fazem com que o dinheiro físico se torne digital (e vice-versa). A Diebold Nixdorf, como parte integrante da revolução digital dos bancos, está na vanguarda desta conexão e trabalha para trazer valor e segurança à experiência do consumidor e correntista. Por isso, a empresa vai apresentar um novo modelo bancário na 27ª edição do Congresso e Exposição de Tecnologia da Informação das Instituições Financeiras (CIAB FEBRABAN), que acontece de 6 a 8 de junho, no Transamérica Expo Center.

Pela primeira vez no Brasil, o terminal conceito Essence mostrará uma maneira diferente de interação bancária, pois, por meio dele, o usuário não precisará ficar muito tempo em frente à ATM para fazer um saque, por exemplo. Com um design que promove a experiência do usuário, o terminal foi concebido com funcionalidades multi-touch para que as transações bancárias (saques, depósitos e pagamentos) sejam feitas de forma ágil e prática. Sua estrutura é inserida dentro da parede, por isso as interações e aparência são similares a de um grande smartphone.

De acordo com Elias da Silva, presidente da Diebold Nixdorf no país, a empresa quer promover facilidades que ajudam a automação bancária a alcançar ainda mais a satisfação do cliente. “Vemos que, mundialmente, o conceito de autoatendimento está se modelando às novas tecnologias e nosso intuito é participar proativamente deste mundo mais digital”, contou Elias.

Autoatendimento multicanal seguro, fácil e rápido

Como facilitadora na transformação, as pesquisas da DN sempre resultam em soluções integradas e seguras. Esse é o caso da ATM 6750. Com um hardware inovador e software avançado, esse terminal permite que o cliente inicie as transações em um celular ou tablet. Por ser uma solução multicanal, o cliente poderá abrir contas diretamente no dispositivo móvel, sem a necessidade de enfrentar filas, e, após esse processo, o correntista vai até o terminal, cria sua senha de acesso e poderá gerar o cartão na própria ATM.

O modelo 6750 também possui videoconferência, leitor de NFC e QRCode, que permitem um saque mais rápido. O cofre, acoplado ao terminal, possui a tecnologia de entintamento, que, ao detectar qualquer ataque físico à ATM, liberará uma tinta nas cédulas e as inutilizará. Além disso, o Terminal Security também garante a segurança lógica em três camadas de criptografia e proteções de dados. “O desenvolvimento de softwares como o Terminal Security faz parte dos resultados de estudos constantes que visam atender de maneira personalizada as demandas de agilidade, segurança e conectividade de nossos clientes, em todos os canais em que eles atuam. Nossa expertise nos permite inovar em conceitos de autoatendimento, tendo sempre em mente que o novo perfil de consumidor quer uma solução diferenciada. Hoje, podemos oferecer todo o serviço de uma agência convencional de maneira 100% digital”, falou Elias.

Acompanhando a linha de digitalização para agências, o tesoureiro CS6040 é um exemplo de facilidades para o banco. Ele possui a opção de reciclador e isso significa que o mesmo dinheiro utilizado para depósito será aproveitado para saques de outros clientes. Elias explica que essa função permite uma economia aos bancos, pois menos visitas de carros fortes serão necessárias.

Durante o CIAB, os visitantes também poderão conhecer no estande da Diebold Nixdorf a plataforma integrada de serviços gerenciados disponível no mercado brasileiro. “O trabalho de prevenção, monitoramento e gerenciamento constante das soluções em operação no mercado é estratégico para o negócio das instituições bancárias, pois otimiza a cadeia de serviços, evitando o surgimento de problemas que possam impactar o atendimento aos usuários”, enfatiza Elias. 

Mirando horizontes além do mercado financeiro

Parte da estratégia da DN global está depositada em tecnologia diferenciada para outros mercados, além dos limites das instituições financeiras. O setor de varejo oferece diversas oportunidades para implantação de soluções disruptivas e que geram valor para as experiências do novo perfil de consumo. “Temos foco nos dois segmentos e conseguimos transitar em ambos com inovação, colaborando com o desenvolvimento do comércio conectado”, disse Elias.

Por isso, a DN mostrará no CIAB, a solução Self-Checkout, terminal que permite ao consumidor pesar os produtos, escanear cada um dos códigos de barras e efetuar o pagamento via cartão de crédito ou débito. Por juntar tudo em um mesmo equipamento, ele coloca todo o poder de decisão diretamente nas mãos dos clientes e promove a conectividade no comércio.

Juntamente com o Self-Checkout, o DCash high performance é um cofre com alta capacidade de armazenamento. Com ele, os comerciantes terão mais segurança ao guardar seus numerários, pois a tecnologia de entintamento também está implementada.

Já o Albert AEVI é uma solução inédita no Brasil. Ele é um smartPOS que se destaca por ter um marketplace único e definido a partir da linha do negócio do varejista. Com ele, é possível baixar apps e oferecer novas opções a um ponto de venda que vão além do pagamento de compras ou fechamento de comanda. “O brasileiro tem um perfil que adota facilmente novas tecnologias e tem afeição pelo novo. Por isso, estamos atentos ao desenvolvimento de produtos que supram essa necessidade de inovação ao mesmo tempo em que gera produtividade e agilidade para a gestão dos estabelecimentos, de acordo com suas necessidades”, finalizou Elias.

 

]]>
Autoatendimento Fri, 02 Jun 2017 00:00:00 +0000