Menu

MicroStrategy Symposium debate tendências para o analytics

Flavio Bolieiro, VP América Latina da MicroStrategy Flavio Bolieiro, VP América Latina da MicroStrategy

Empresa enfatizou a importância de se levar a inteligência para todos, democratizando a informação em benefício dos negócios

A MicroStrategy® Incorporated (Nasdaq: MSTR), provedora mundial de plataformas analíticas e software de mobilidade, debateu na última semana o futuro do analytics e sua importante relação com o cenário da transformação digital. Cerca de 650 pessoas, presentes nas duas edições do MicroStrategy Symposium, em São Paulo e em Brasília, puderam conhecer as últimas tendências e a visão da companhia de como levar a inteligência para todos e democratizar a informação.

Além disso, a MicroStrategy apresentou a nova versão de sua plataforma analítica,  MicroStrategy 10.9, e seus importantes aprimoramentos, bem como a integração de suas soluções com os conceitos de Internet das Coisas (IoT) e linguagem natural. 

“Levar a inteligência para todos os lugares, diferentes dispositivos e usuários e, ainda, garantir que o business intelligence esteja mais e sempre disponível é extremamente estratégico para os negócios. O analytics é um ponto importante na transformação digital e queremos cada vez mais garantir usabilidade, agilidade, escalabilidade, governança e, principalmente, integração de tudo isso”, enfatizou Flavio Bolieiro, VP América Latina da MicroStrategy.

Durante a abertura do evento, Bolieiro ressaltou que, ao longo de seus 25 anos, a MicroStrategy tem superado todos os modismos e investido fortemente para adequar suas soluções às principais tendências de mercado. 

Foi pioneira, ressaltou ele, em disponibilizar o acesso via web, aliar o BI à mobilidade e uma das primeiras a disponibilizar uma plataforma analítica na nuvem. Mais recentemente, ingressou no mundo do Data Discovery e a solução Visual insight aparece entre as líderes de mercado já na primeira edição do estudo "BARC Score Data Discovery — Preparação de Dados, Análises Visuais e Análise Avançada Orientada para Análises de Negócios”, conduzido pelo The Business Application Research Center (BARC).

“A democratização da informação é obrigatória para quem quer promover resultados. Sem visão de futuro, é quase impossível ser efetivamente relevante e peça estratégica na dura missão de impulsionar os negócios. Enxergar com clareza o próximo passo e ter um panorama completo antes de agir fazem toda a diferença”, completou. 

MicroStrategy Dossier: colaboração e certificação 

O MicroStrategy Dossier,  recurso que ajuda a disseminar o analytics para toda a empresa por meio de uma interface muito simples e totalmente responsiva e de uma organização em capítulos e páginas (semelhante  a uma revista), reúne as análises mais relevantes em um único lugar de maneira organizada, intuitiva e interativa.

Além disso, com o MicroStrategy 10.9, os consumidores têm a capacidade de colaborar entre si por meio de tópicos de discussão e comentários em tempo real na interface do Dossier. Qualquer pessoa que tenha acesso a um Dossier através da Biblioteca MicroStrategy pode fazer perguntas, destacar tendências e compartilhar sua filtragem atual com outras pessoas. Os usuários que são marcados em um comentário podem receber notificações em tempo real via e-mail, banners do navegador, alertas de página na biblioteca ou notificações de envio. 

Além disso, com a nova versão, analistas e administradores de dados podem adicionar um selo de “certificado”, que atende a uma necessidade bastante comum entre organizações que investiram em self-service BI: a capacidade de assegurar que todos possam diferenciar se os dados são confiáveis ou não.  

Linguagem natural e IOT

Dentro do conceito de levar a inteligência para todos os lugares, facilitar a vida de quem consome os dados e democratizar a informação, a MicroStrategy tem também trabalhado no sentido de integrar todas essas soluções. A integração da sua plataforma com assistentes virtuais como o Amazon Echo e Google Home, que interpretam e respondem aos comandos de voz “Alexa” ou “OK Google”, também foi apresentada no evento.

Com essa possibilidade, o usuário que dispuser desses devices com microfones e alto-falantes embutidos poderá consultar dados de um relatório ou dashboard sem precisar abri-los. A pessoa simplesmente pergunta e a assistente de voz responde.  

Outra evolução mencionada é a NLG – Natural Language Generation, que se refere ao uso de tecnologia avançada para criar narrativas, histórias ou análises. Quando integrada ao BI, a linguagem natural é capaz de prover intepretações e descrições textuais extremamente claras a partir de dados, planilhas e dashboards, mesmo os mais complexos, tornando-os assim muito mais acessíveis e compreensíveis e abrangendo um número maior de pessoas. 

Além disso, a MicroStrategy também apresentou durante o evento, inclusive com demonstrações reais, a sua solução de  IOT. O MicroStrategy Usher é uma plataforma móvel que serve tanto como um crachá digital e substituindo senhas, como faz telemetria de tudo o que está acontecendo. Pode ser instalado tanto em smarthphones como em wearable devices, como o Apple Wacth, e é acionado por proximidade e bluetooth.  

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes