Menu

Narrativas do PT seguem criativas

Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil

Sentença de Sérgio Moro apoia-se em provas documentais e testemunhais bastante sólidas

Foi uma sentença clara, sem brilho de estilo, mas perfeita em seu didatismo e ausência de juridiquês, com provas documentais e testemunhais bastante sólidas.  E é apenas o primeiro dos processos a que Lula responde por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Mas a capacidade de reação e de criar “narrativas” do petismo é impressionante.

Não importa que algumas dessas versões sejam ridículas. Uma delas garante que o juiz Sérgio Moro foi calculista, sentenciou o maior líder popular da história deste país no dia seguinte à aprovação da reforma da legislação trabalhista pelo Senado. Assim, a devolução dos trabalhadores brasileiros às trevas da escuridão ficou em segundo plano. A condenação de Lula também tiraria o foco da agonia de Michel Temer.

Outras das narrativas garante que o juiz Sérgio Moro, “um tucano treinado nos Estados Unidos pela CIA para defender interesses estrangeiros”, atuou para impedir o inevitável, o que está escrito nas estrelas, que Lula vença a eleição do ano que vem. Sim, porque, para eles, Lula deve ser o presidente vitalício do Brasil, para resgatar os brasileiros da pobreza.

O juiz Sérgio Moro, após a sentença, pareceu muito mais arrasado do que o réu, Luiz Inácio Lula da Silva. Abalado, Moro repousou a cabeça durante alguns minutos sobre uma bíblia em sua mesa de despachos, e saiu do fórum com o rosto abatido. Sabe que a sentença vai lhe causar inúmeras dores de cabeça e a eterna perseguição da seita de fanáticos que seguem fielmente a orientação protofascista de Lula. 

Mas o que alguns temiam, a ocupação das ruas pela militância, não aconteceu. Foram manifestações esparsas no Rio e em São Paulo, de muito menos impacto do que a ridícula manifestação das senadoras que usaram a Mesa do Senado Federal para comer marmitas de luxo do Restaurante Piantella.  Logo que terminaram a chanchada, soube-se que a ordem de ocupação veio do criminoso condenado José Dirceu. 

A força do PT entre pessoas esclarecidas é tão grande que pode ser lida e atestada, por exemplo, em colunas e colunistas do jornal que é apontado pela esquerda como símbolo da direita e do conservadorismo golpista brasileiro, O Globo. O petismo ali tenta ser camuflado, mas é evidente em algumas frases, adjetivos e apostos de colunistas e repórteres. 

A aposta do petismo continua toda em Lula-2018, na esperança de que a campanha ganhe as ruas antes do julgamento do recurso junto ao Tribunal Regional Federal de Porto Alegre.  Esperam os estrategistas do Instituto Lula que, uma vez nas ruas e com bom desempenho nas pesquisas, os desembargadores do TRF da 4ª Região não tenham coragem cívica para confirmar ou aumentar a sentença prolatada por Sérgio Moro. 

O Brasil vai demorar a ter uma atividade política dentro do padrões civilizados de um país moderno do Século XXI. 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes