Menu

Banco Yamaha automatiza operação de análise de crédito

Banco Yamaha automatiza operação de análise de crédito

A financeira adotou solução da TransUnion, que reduziu o tempo de resposta aos clientes

O Banco Yamaha, braço de uma das maiores montadoras do país, automatizou os seus sistemas de análise de crédito com a utilização de uma solução para tomada de decisões da TransUnion.

Os clientes foram beneficiados com mais agilidade, segurança e flexibilidade nesse tipo de operação a partir de modelos estatísticos, com diminuição do tempo de resposta de uma hora para cinco minutos.

Apenas no primeiro trimestre deste ano, R$ 34 bilhões foram liberados para financiamento de carros e motocicletas por bancos de montadoras, segundo a Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras (Anef), crescendo 18,6% sobre o mesmo período em 2018.

O levantamento reforça a tendência do mercado automotivo de investir e implementar soluções a fim de fidelizar o cliente e melhorar sua experiência de consumo.

Buscando uma solução que permitisse oferecer aos seus analistas agilidade e segurança no fechamento de novos negócios e a consulta de uma árvore de decisão mais completa, o desafio do Banco Yamaha era encontrar um meio que permitisse a estruturação da política de crédito da empresa alinhada ao gerenciamento de risco.

E que pensasse, além da segurança e volume, na trajetória de crédito do consumidor. Com isso, seria viável automatizar decisões de concessão de crédito, assim como segmentar as solicitações que exigem uma análise minuciosa e o envolvimento de demais setores do banco.

De acordo com Valmir Marconi, gerente de crédito da Yamaha Serviços Financeiros, a assistência consultiva da TransUnion, aliada à expertise de atendimento ao consumidor, contribuíram para que os principais desafios fossem tratados de maneira ágil e eficaz.

“Bem mais do que parceria de longa data, com constante colaboração para construção de processos de análise de crédito e scores, a TransUnion nos permite usar de inteligência e dados para seguir em busca de evolução nos negócios. Além disso, a companhia tem um tratamento diferenciado com seus próprios clientes que nos valoriza para além do aspecto comercial”, comenta.

Por meio da utilização da plataforma Crivo da TransUnion, o banco conseguiu cruzar todos os dados já existentes na Yamaha com os oferecidos pela TransUnion, aperfeiçoando seus scores de crédito a partir de características singulares do mercado de bancos de montadoras, dos clientes já existentes e dos prospects.

A racionalização de processos simplificou o dia a dia dos colaboradores e agilizou operações manuais, resultando em tomadas de decisões mais assertivas, riscos minimizados e viabilizando maior rentabilidade para o negócio.

“À medida que o mercado brasileiro se desenvolve, é necessário que empresas se atentem cada vez mais às necessidades de clientes e prospects”, afirma Marcelo Sena, diretor comercial e Chief Revenue Officer (CRO) da TransUnion.

O executivo ressalta a importância de se analisar cuidadosamente todas as informações disponíveis no banco de dados, permitindo o cruzamento das informações com os dados de mercado de maneira inovadora.

Utilizando soluções de informação, análise e decisão em seus processos internos, essas empresas se tornam ainda mais competitivas e suas ofertas mais amplas. Acompanhada dessa expansão de visão e de negócios vem a inclusão, com um maior número de pessoas acessando bens e serviços, afirma.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes