Menu

Número de coworkings no Brasil cresce 114% em um ano

Número de coworkings no Brasil cresce 114% em um ano

País tem um total de 810 espaços ativos e 56 mil posições de trabalho. São Paulo está no topo da lista

Presentes no Brasil desde 2007, os coworkings – ambientes coletivos de trabalho – estão em ascensão. Neles, profissionais autônomos e pequenas empresas se reúnem em um novo modelo de espaço laboral e contam com infraestrutura completa para gerir seus negócios. Baixo custo, comodidade, conforto e beleza são os principais atrativos destes escritórios.

De acordo com o Censo Coworking Brasil 2017, o segmento cresceu 114% em relação ao ano anterior. Hoje, existem 810 espaços ativos no País e 56 mil posições de trabalho. São Paulo ocupa o topo da lista dos estados com o maior número de coworkings: são 336 escritórios. Em segundo vem o Rio de Janeiro, com 78. O Rio Grande do Sul está em quinto lugar, com 55 espaços. A pesquisa revela que o movimento tem se intensificado também nas cidades do interior.

Rodrigo Kray, CEO do complexo empresarial Hub 5796, um dos maiores coworkings da região Sul do País, acredita que o papel destes novos ambientes de trabalho vai além de hospedar empresas e profissionais autônomos. O propósito é funcionar como um ecossistema de negócios, com foco na economia compartilhada. “Queremos proporcionar para os profissionais, além de um local para confraternizar, um espaço para exporem seus projetos. Misturamos empresas de diferentes portes e fomentamos negócios, ajudando no empreendedorismo e no movimento tecnológico", destaca.

Fundado em agosto de 2015 e localizado em Campo Bom (RS), o Hub 5796 cresceu mais de 40% em um ano. O complexo conecta mais de 30 empresas e 130 profissionais em um espaço de 36 mil m² cercado por área verde.

Por ser um dos mais procurados da região, o Hub 5796 está em expansão: um segundo prédio está sendo construído, inspirado nos coworkings do Vale do Silício, na Califórnia, especialmente no que diz respeito à sustentabilidade. A construção – que prevê 30 novas salas, cafeteria, academia e diversas comodidades – utiliza a tecnologia de pré-moldados, o que dá mais velocidade à obra e causa menos poluição, com menos impacto ao meio ambiente. "O principal ponto do projeto é o cuidado com a localização dessa nova parte do complexo, para causar o mínimo impacto possível à área verde natural do terreno”, informa Kray.

Além disso, a previsão é que em breve o complexo funcione 24 horas por dia, nos sete dias da semana, com segurança biométrica, a exemplo dos coworkings de referência mundial. A intenção é dar mais autonomia de horário aos profissionais e empresas. Kray conta que o Hub 5796 também tem a concepção futura de ser uma incubadora de startups, tendo como mentoras as próprias empresas já participantes do local. “Além desses novos projetos terem à disposição toda a infraestrutura do complexo, também terão a segurança de mentores experientes de diferentes áreas. Isso vai ao encontro da missão de unir negócios e pessoas, por meio da economia compartilhada", enfatiza o CEO.

A essência de um coworking é justamente a criação conjunta e a gestão compartilhada dos negócios. É resultado da cooperação, diversidade e integração entre profissionais de diversas áreas; daí a característica principal desse ambiente de trabalho: mobilizar a indústria criativa, ao gerar fluxo de ideias e invenções. A exemplo do complexo empresarial Hub 5796, os coworkings podem oferecer mais oportunidades de negócios e, consequentemente, impulsionar o empreendedorismo.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes