Menu

Cursos técnicos: o caminho mais curto para a empregabilidade

Cursos técnicos: o caminho mais curto para a empregabilidade

Com esse tipo de curso a formação é rápida e o investimento é menor quando comparado com a faculdade

Uma pesquisa da Consultoria ManpowerGroup concluiu que os cargos técnicos e de profissionais com habilidades técnicas específicas são os postos que as empresas mais têm dificuldades para preencher hoje no Brasil. Os cursos técnicos oferecem habilidades práticas e teóricas com o objetivo de preparar o aluno para o mercado de trabalho.

Para elaborar um ranking dos cursos técnicos mais valorizados e promissores a consultoria utilizou critérios como: salários iniciais, baixa oferta de profissionais no setor, novos mercados e a demanda por profissionais naquela área, entre outros.

Para o professor e diretor Lucivaldo Santos do Instituto Cimas de Ensino, o Brasil está passando por um momento interessante, onde os governantes estão interessados em qualificar as pessoas. Com os cursos técnicos a formação é rápida e o investimento é menor quando comparado com a faculdade, e também o mercado exige um profissional melhor preparado.  “A expectativa é que mais pessoas durante este ano e em 2018 procurem uma formação técnica” diz Lucivaldo.

De acordo com o professor, os cursos que atualmente estão sendo mais procurados são os técnicos em estéticas, técnicos em informatica e os cursos que estão diretamente ligados à área de tecnologia. Mas também tem aqueles cursos que nunca saem de moda, são os cursos técnicos de enfermagem, cursos técnicos de radiologia, cursos técnicos administrativos. Os cursos que são oferecidos pelo Instituto Cimas destacam-se  técnico em radiologia, técnico de enfermagem, técnico de estética e técnico em segurança do trabalho.

Segundo o professor Lucivaldo, que também é técnico e tecnólogo em radiologia, os cursos de nível médio têm o objetivo de capacitar o aluno com conhecimentos teóricos e práticos em diversas atividades. Seu propósito é o acesso rápido ao mercado de trabalho, além da perspectiva de requalificação ou mesmo reinserção no mercado.  “A vantagem de se fazer um curso técnico é sua formação rápida e com grande possibilidade de empregabilidade, o candidato sempre deve estudar e ter afinidade com a área escolhida e também estudar o mercado. Uma formação técnica exige um investimento menor que uma faculdade, mas tudo depende dos objetivos e pretensões do aluno para ingressar em  um curso técnico ou de graduação”  afirma.

O curso técnico não substitui o ensino médio, muitos cursos técnicos inclusive exige a formação de nível médio concluída, existe também cursos onde são realizados concomitante com o ensino médio. Os cursos técnicos são aqueles que necessitam de autorização do MEC para serem oferecidos, cursos livres ou profissionalizantes são considerados de aperfeiçoamento, mais rápidos e que não exige formação para serem realizados.

 

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes