Menu

ADP alerta sobre prazos e obrigatoriedades do eSocial

ADP alerta sobre prazos e obrigatoriedades do eSocial

Empresa oferece solução totalmente aderente à nova conformidade legal

Foi publicado, hoje, no Diário Oficial da União, o cronograma oficial do eSocial. Com isso, começa a contagem regressiva das empresas para atender às obrigatoriedades fiscais, previdenciárias e trabalhistas requisitadas pelo governo. As primeiras companhias a atender aos critérios serão as que tiveram um faturamento acima de R$ 78 milhões, no ano de 2014. Essas empresas terão até setembro de 2016 para se adequar e passar a prestar informações de seus funcionários por meio do eSocial. Informações referentes à tabela de ambientes de trabalho, comunicação de acidente de trabalho, monitoramento da saúde do trabalhador e condições ambientais do trabalho serão exigidas por meio do eSocial a partir de janeiro de 2017.

Para as empresas que tiveram um faturamento abaixo de R$ 78 milhões (incluindo participantes do Simples, Microempreendedores Individuais (MEI) e empregadores domésticos), em 2014, a obrigatoriedade de transmissão de informações pelo eSocial passará a valer a partir de Janeiro de 2017. Para este segundo grupo de empresas, as informações sobre saúde, comunicação de acidente de trabalho e condições ambientais através do eSocial serão exigidas a partir de julho de 2017.

Sem do assim, os próximos meses trarão muitas mudanças para os Departamentos de RH, que antes davam maior enfoque à gestão da Folha de Pagamento e do Ponto dos colaboradores. “Haverá um aumento da complexidade do processo de Folha de Pagamento, com a necessidade de submissão de eventos periódicos e não periódicos ao ambiente do eSocial”, explica Daniela Paschoal, Especialista em Compliance dos Produtos da ADP, empresa que fornece soluções de gestão de Recursos Humanos, e acompanha o eSocial desde o início do projeto, há 4 anos.

Os layouts, manuais, tabelas e regras para cumprir com as exigências do governo estão disponíveis desde 24 de fevereiro de 2015, e quem não atender aos critérios estará sujeito a multas e penalidades.

Solução de eSocial da ADP

Para auxiliar as empresas nesse processo, a ADP dispõe de uma solução de eSocial embarcada e integrada à seu sistema de Folha de Pagamento, totalmente aderente à nova conformidade legal. A solução contempla todos os layouts e tabelas requisitados pelo governo, que incluem diversas informações referentes à Segurança e Saúde do Trabalho, gestão de autônomos, etc. Inclui, ainda, outras funcionalidades como: gestão dos novos campos; avisos e alertas de erros na entrada de dados inconsistentes; e revisão e adequação de verbas e rubricas (diversas empresas possuem milhares de rubricas que deverão ser adequadas em 140).

Considerada uma solução inteligente, também é voltada à gestão e armazenamento de protocolos, recibos e correção de eventuais irregularidades, além do sequenciamento correto do envio e armazenamento dos arquivos de XML. Os clientes contarão, ainda, com um painel de controle para a gestão das informações, onde poderão consultar e corrigir eventuais irregularidades e evitar erros.

“Estamos com foco total nas adequações para o eSocial. Nosso objetivo é ajudar nossos clientes a estar em conformidade legal e, para isso, oferecemos toda orientação necessária e suporte no momento da transição”, finaliza Daniela.

 

1 Comentário

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes