Menu

Iugu se consolida como plataforma de infraestrutura financeira

Iugu se consolida como plataforma de infraestrutura financeira

Startup de tecnologia automatiza pagamentos recorrentes e permite que empresas ofereçam a plataforma para terceiros

Primeira plataforma online de infraestrutura financeira do Brasil, a iugu se consolida no mercado como a principal solução para diminuir a barreira na implementação de pagamento digital e projeta um faturamento aproximado de R$ 15 milhões em 2017, crescimento de mais de 100% em relação a 2016. Hoje, são mais de 1,3 mil clientes, dos quais 96% oferecem serviços online e 80% são startups.

A iugu atua como facilitadora para empresas que desejam realizar cobranças de forma recorrente e acompanhar métricas de negócios, pois todas as funcionalidades permitem automatizar fluxos de recebimentos e pagamentos, otimizando a operação de departamentos financeiros. Devido à sua API, a startup se destaca por permitir que outras empresas contratem e disponibilizem os serviços da infraestrutura da iugu para terceiros.

Empresas de intermediação de negócios e de softwares de gestão financeira têm se beneficiado muito desse modelo: elas não precisam construir do zero e manter uma plataforma financeira própria, e podem cobrar suas próprias tarifas em cima dos recursos da iugu. Assim fazem marcas como Nibo, Granatum, NuvemShop e Dropo.

A inovação do modelo de negócio acontece em permitir que parceiros ofereçam aos seus clientes a automação das operações financeiras de ponta a ponta, desde o processamento de pagamentos e antecipação de recebíveis até a conciliação financeira, diminuindo o custo da operação e erros humanos para tornar o negócio mais eficiente.

Ao oferecer sua plataforma como serviço (PaaS) a outras empresas, a iugu ajuda a cunhar um modelo de operação ainda novo no ramo de fintech (tecnologia financeira) conhecido como Finance as a Service. "Apostamos muito em nossa solidificação como fornecedor de soluções financeiras que suprem a demanda de nossos clientes e permitem a eles se destacar no mercado. Nossa API se adequa a qualquer sistema e proporciona melhor escalabilidade para os negócios”, afirma Patrick Negri, CEO e cofundador da iugu.

Graças a uma inteligência financeira robusta, o usuário da iugu tem as informações integradas via API ao seu sistema e pode observar as métricas de crescimento do seu negócio, como índices de retenção, cancelamento (churn), movimento da receita recorrente (MRR), tempo médio de vida do cliente (LTV) e outras vinte métricas específicas para serviços de assinatura e mensalidades.

“Percebemos que o mercado não precisa apenas de uma forma inteligente de cobrança, mas de maior previsibilidade para pagamentos recorrentes e business intelligence para o negócio", conta Marcelo Paez, cofundador da empresa. A iugu oferece serviços também para marketplaces, aplicativos móveis e ecommerces.

 

 

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes