Menu

Olé Consignado, do Santander, convida startups para acelerar sua transformação digital

Francisco Junior, diretor-presidente da Olé Consignado Francisco Junior, diretor-presidente da Olé Consignado

Seis empresas apresentarão projetos com produtos e serviços, em evento no formato de pitch

A Olé Consignado, joint venture entre o Santander e o Banco Bonsucesso, recebe hoje startups em sua sede, em Belo Horizonte, para ouvir propostas – de produtos e/ou serviços – que darão força ao movimento de transformação digital que a empresa vive hoje. 

Durante o pitch, como são conhecidos os eventos desta natureza, seis startups – das áreas de educação financeira, renegociação de dívida, crédito pessoal, reconhecimento facial e contabilidade – apresentam seus projetos à direção da empresa. Além disso, todos os funcionários da companhia poderão assistir a apresentação ao vivo de suas mesas. 

“O mercado de crédito consignado ficou estagnado em termos de inovação por muitos anos. Queremos trazer este tema para dentro da companhia, com o objetivo de deixar o cliente no centro da decisão”, afirma Francisco Junior, diretor-presidente da Olé Consignado. 

Cada startup terá 15 minutos para apresentar seu projeto e sanar possíveis dúvidas dos executivos que participarão do encontro. Passada essa fase, os dirigentes decidirão se é possível iniciar algum tipo de parceria com cada startup. “Temos a certeza de que o pitch é o primeiro passo para levarmos a Olé a outro patamar: de uma empresa que respira inovação”, ressalta Junior, que não descarta realizar evento nos mesmos moldes em breve. 

A Olé Consignado é uma joint venture celebrada em junho de 2014 entre o Santander, com 60% de participação, e o Bonsucesso, com 40%. A instituição iniciou suas atividades com um investimento de R$ 600 milhões. 

Carteira de crédito 

Em junho deste ano, a Olé registrou carteira de crédito de R$ 8,54 bilhões, volume 44% maior quando comparado a igual período do ano anterior. Já em termos de produção (novas concessões), o banco somou R$ 3,65 bilhões nos seis primeiros meses, crescimento de 60% quando comparado aos primeiros semestre de 2016. 

A instituição confia em sua capilaridade e em seu modelo de distribuição, com correspondentes bancários distribuídos em todas as regiões do País; na ampliação do número de convênios nas esferas federal, estadual e municipal; e na oferta do cartão de crédito consignado, que oferece melhores condições se comparadas às dos cartões tradicionais, para avançar cada vez mais. 

Além do cartão, a empresa oferece o empréstimo consignado tradicional, com desconto em folha de pagamento para trabalhadores dos setores público e privado, aposentados e pensionistas do INSS. “Acreditamos que a demanda por crédito consignado será sempre crescente, seja por suas condições vantajosas quando comparadas aos demais produtos ofertados ou pelo crescimento anual da base de aposentados e pensionistas”, completa o executivo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes