Menu

Maioria das empresas listadas no Novo Mercado não têm setor específico de compliance

Maioria das empresas listadas no Novo Mercado não têm setor específico de compliance

Deficiência é constatada em 68% das organizações, conforme pesquisa feita pelo J.R. Amaral Advogados

Levantamento feito pelo J.R. Amaral Advogados evidenciou que 68% das empresas listadas no Novo Mercado não possuem uma área específica de compliance. Farmacêuticas, construtoras e empreiteiras, varejistas, prestadoras de serviço e outras indústrias somadas chegam a 78 das 114 companhias que formam esse segmento da Bovespa.

Lançado no ano 2000 pela BM&FBovespa, o Novo Mercado estabelece uma série de diretrizes para a criação de um padrão de governança corporativa e compliance para as empresas que fazem parte do setor. "Estamos vivendo o momento mais importante relacionado à transparência de informações desde a criação desse segmento. A partir dos números obtidos, a pergunta que devemos fazer é: 'qual a efetividade desse controle em tempos nos quais fraudes e escândalos de corrupção estouram dentro de algumas das maiores empresas do país?'", aponta José Romeu Amaral, sócio do J.R. Amaral Advogados. 

A entrada de uma companhia no Novo Mercado ocorre de forma voluntária, por meio da assinatura de um contrato junto à B3 e implica a adesão a um conjunto de regras societárias mais exigentes do que as já existentes na legislação brasileira. A criação e manutenção de uma área específica que seja responsável pela verificação de normas – conhecida como compliance - é uma delas.  

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes