Menu

Empresa usa inteligência artificial para montar carteiras de ações que superam o Ibovespa Destaque

Empresa usa inteligência artificial para montar carteiras de ações que superam o Ibovespa

Com as informações de fechamento do pregão diário, após o "aftermarket", são selecionadas ações de companhias que alcançaram as maiores altas, as maiores baixas e que foram mais negociadas no mercado à vista

A carteira SABE Invest obteve rentabilidade que superou o Ibovespa em 607 pontos em outubro deste ano. O ganho de 722% no longo prazo (dezembro de 2014 a outubro de 2019), marcado por juros baixos e volatilidade do índice de ações, foi obtido por meio do uso do algoritmo SABE Score ©, baseado em análise fundamentalista.

Por meio do SABE Intelligence, um relatório para apoio à tomada de decisões de investimentos, baseado em Inteligência Artificial, a empresa monta uma carteira de ações com empresas que apresentaram desempenho destacado. A estratégia tem se mostrado acertada. Nos últimos 12 meses, a taxa de acertos da carteira SABE Invest foi de 77%, o que equivale a dizer que de cada 10 companhias selecionadas pelo algoritmo, mais de 7 superaram o índice no longo prazo. Os algoritmos da SABE mapeiam as ações de acordo com seus scores, elaborados com base na análise fundamentalista de diversos indicadores de desempenho e dados financeiros dos balanços dos últimos cinco anos. O Big Data da empresa conta com mais de 120 mil demonstrativos financeiros de todas as companhias listadas na B3.

"Com as informações de fechamento do pregão diário, após o "aftermarket", selecionamos as ações de companhias que alcançaram as maiores altas, as maiores baixas e que foram mais negociadas no mercado à vista. Seguindo uma ótica fundamentalista, calculamos, para cada companhia selecionada, com suporte de Inteligência Artificial, vários indicadores com informações diárias de mercado", explica o CEO da SABE Invest, Luiz Guilherme Dias. Os cálculos dos indicadores são compostos com as informações dos balanços dos últimos 5 anos mais o último período trimestral corrente, extraídas do Big Data SABE.

A SABE faz o acompanhamento constante das ações e organiza rankings diários e mensal com as "campeãs" e as "lanternas" da bolsa, enviando relatório informativo todos os dias para seus clientes, investidores pessoas físicas, gestores de assets, fundos e bancos de investimentos. Também oferece relatórios setoriais e serviços focados em estratégias de investimento específicas, como small caps e empresas sustentáveis.

"Aliando a tecnologia desenvolvida à experiência, sensibilidade e visão de especialistas em mercado de capitais, constantemente, a SABE Invest elabora relatórios de perfis distintos, com o objetivo de iluminar as rotas, sinalizar perigos e obstáculos, para indicar rumos mais seguros e rentáveis aos clientes", afirma Dias. "Nosso objetivo é apoiar instituições do mercado, desde os gestores profissionais até os investidores individuais, de diferentes níveis de formação e experiência, a constituir e expandir patrimônio no longo prazo, por meio do investimento em ações de empresas de desempenho destacado", complementa.

Este ano, o número de investidores pessoa física no mercado de renda variável quase dobrou. Até outubro, a B3 contabilizava mais de 1,53 milhão de CPFs cadastrados. Em 2018, os investidores pessoa física eram cerca de 813 mil. Para Dias, isso aponta uma tendência de popularização da bolsa, o que demandará a difusão de conhecimento de qualidade em torno do mercado de capitais brasileiro. "O atual cenário macroeconômico, com taxa de juros no menor patamar histórico, e poupança com rendimento real quase nulo, tem levado o investidor pessoa física a buscar oportunidades mais rentáveis, recorrendo a instrumentos financeiros diversificados", explica.

É neste segmento, carente de informações de qualidade e de fácil compreensão, que a SABE Invest tem focado sua estratégia de crescimento, mirando a educação financeira do investidor. "Nosso foco ampliou-se nos últimos anos para as instituições de ensino superior, buscando auxiliar professores e alunos, em especial na área de pós-graduação, no aprendizado e no apoio às pesquisas acadêmicas e estudos de caso, facilitados pelo acesso aos dados reais de empresas brasileiras disponíveis no Banco de Dados SABE", ressalta Dias.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes