Menu

Digisystem lança solução de análise de risco de crédito baseada em IA Destaque

Digisystem lança solução de análise de risco de crédito baseada em IA

Desenvolvida para atender os mercados de varejo, educação, utilities e financeiro, a nova tecnologia aumenta a capilaridade das empresas por meio do atendimento cognitivo para consulta de crédito

A Digisystem, companhia brasileira fornecedora de soluções de negócios de tecnologias avançadas que ajudam as empresas a passarem pela jornada da transformação digital, acaba de anunciar o lançamento da nova solução de negócio Análise de Risco de Crédito e Negociação de Débitos. A tecnologia, desenvolvida para atender à necessidade das empresas de melhor classificação de aprovação de crédito e inadimplência, deve representar um incremento de 15% na receita de soluções de negócios da companhia.

 De acordo com o diretor executivo da Digisystem, Alexandro Croce, segmentos como varejo, educação, finanças, além do e-commerce, por exemplo, têm sofrido perdas decorrentes da inadimplência e buscado novas formas de reduzir os riscos da falta de pagamento. 

 A pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), revelou que o Brasil encerrou o ano de 2018 com 62,6 milhões de inadimplentes. "A análise de risco de crédito tornou-se um processo crítico dentro das empresas. Esse dado só reflete que a concessão de crédito precisa ser, cada vez mais, acompanhada de cuidados para identificar os clientes capazes de honrar os compromissos assumidos", explica o executivo.

 Análise de risco de crédito e negociação de débito inteligente

 A solução de análise de risco de crédito da Digisystem possui recursos inovadores de inteligência artificial que permitem uma avaliação mais rápida, padronizada e assertiva do cliente/usuário, facilitando a negociação entre as partes. Desenvolvida por um time de especialistas, a nova solução de negócio da companhia garante uma redução significativa na inadimplência, e do custo com a equipe de cobrança, além de aumentar as vendas pela aprovação de crédito.

 Os usuários também são beneficiados pela solução, já que passam a ter um acesso mais fácil e rápido às informações de produtos e para tirar dúvidas referentes aos serviços consultados. Além de garantir uma avaliação objetiva, criteriosa e segura para as empresas, o processo fica menos invasivo para o usuário no momento da negociação de suas dívidas.

 "Criamos uma solução de atendimento baseado em motor de regras e inteligência artificial para que o cliente possa realizar todo o processo de maneira ágil e simples, escolhendo a melhor condição oferecida e efetuando o pagamento na interface que mais atenda sua necessidade, como o próprio site da empresa, via aplicativo, WhatsApp, URA, ou outros tipos de canais de atendimento", ressalta Croce.

 Ferramenta integrada

 Para lidar com o alto custo de pessoal para viabilizar a cobrança, a grande quantidade de tempo despendido para a realização das análises, a falta de agilidade na conclusão dos processos e a desaprovação de créditos elegíveis de aprovação, a nova solução de negócio da Digisystem utiliza ferramentas de integração de sistemas, inteligência de análise de dados e motor de regras para administrar, avaliar e direcionar condições de pagamento e adimplência/inadimplência do cliente.

Por meio da ferramenta de barramento de integração, a solução de negócio de análise de risco de crédito consegue consultar demais sistemas financeiros da empresa e dados históricos do cliente para criar cenários e oferecer uma visão de score de crédito com base em probabilidade e estatísticas reais. "Nosso objetivo era prover uma solução com uma interface amigável, que pudesse ser configurada em linguagem natural pelo usuário. Criamos tabelas e frases de lógica para que o usuário possa configurar as condições e regras de forma independente da área de TI", finaliza Croce.

      

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes