Menu

Banco do Brasil reduz juros para várias linhas de crédito

Banco do Brasil reduz juros para várias linhas de crédito

Taxas menores irão beneficiar o varejo das pessoas física e jurídica, além da área imobiliária

O Banco do Brasil anunciou que vai reduzir as taxas de juros em linhas de crédito para o varejo das pessoas física e jurídica, além do crédito imobiliário. A decisão está em sintonia com o anúncio de redução da taxa básica de juros (Selic) em 0,25 ponto percentual feito pelo Comitê de Política Monetária (Copom) na última quarta-feira, dia 5. 

O BB realiza realinhamentos técnicos de suas taxas periodicamente, como forma de ajustar seus preços à prática concorrencial. As novas condições entram em vigor a partir de hoje, dia 10, e estarão disponíveis para todos os canais de relacionamento do Banco (app, Internet banking, caixas eletrônicos e agências). 

A redução das taxas, segundo a instituição, reforça o posicionamento do BB em sempre oferecer a melhor relação custo-benefício para seus clientes. 

As linhas de Home Equity (BB Crédito Imóvel Próprio) e Crédito Estruturado (com garantias de recursos internalizados) passarão a ter taxas mínimas a partir de 0,94% ao mês e de 1,20% ao mês, ante 1,30 % e 1,38% ao mês cobradas anteriormente no menor patamar, respectivamente. 

O BB também realiza ampla reavaliação nas taxas de suas linhas para o segmento pessoas jurídicas. As linhas Desconto de Cheques, Desconto de Títulos e Antecipação de Crédito ao Lojista (ACL) passarão a contar com taxas a partir de 1,19%, 0,93% e 0,88% ao mês, respectivamente. As taxas atuais eram de 1,23% (Desconto de Cheques), 1,04% (Desconto de Títulos) e 0,94% (ACL). 

Já para as linhas de capital de giro a taxa mínima passará de 1,22% ao mês para 1,12% ao mês, no patamar mínimo. Alteração também vale para a Conta Garantida, que passará a ter taxa mínima de 2,27% ao mês (ante os atuais 2,36%). 

A aquisição de imóveis nas linhas Carteira Hipotecária e Sistema Financeiro da Habitação (SFH) terá juros reduzidos de 7,20% ao ano para taxas a partir de 6,99% ao ano. As novas condições flutuam de acordo com o prazo da operação e o perfil do cliente. 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes