Menu

Fake News sobre coronavírus são disseminadas nas redes sociais Destaque

Fake News sobre coronavírus são disseminadas nas redes sociais

Uma das notícias falsas trata da infecção de Covid-19 por estourar plástico bolja vindo da China

A futurista americana Amy Webb incluiu a pandemia do coronavírus como um dos tópicos do ‘Report Tech Trends 2020’ para entendermos como operam as diferentes engrenagens da sociedade: a cadeia de suprimentos global, sistema de saúde e campanhas de desinformação. Sobre a última, a STILINGUE, ferramenta de IA que varre as redes sociais brasileiras, fez um levantamento entre os dias 11 e 18 de março. 

 No período, a média de posts relacionados ao coronavírus foi superior a 130 mil. Delas, 15 mil representam as três fake news mais disseminadas: 

 ·         Infecção de Covid-19 por estourar plástico bolha vindos da China; 

·         Consumo de chás e uísque para evitar a doença; 

·         Desenvolvimento de uma vacina por médicos cubanos. 

 

Para combater as fake news, o Instagram reprimiu efeitos de Realidade Aumentada nos filtros da plataforma para coronavírus. Essa tecnologia se torna mais útil e prática em testes de maquiagem, visualizações de arquitetura e experiência em games, por exemplo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes