Menu

Em meio à crise do coronavírus, Thinkseg ajuda a economizar com o seguro automóvel

Andre Gregori, CEO do Grupo Thinkseg Andre Gregori, CEO do Grupo Thinkseg

Com menos deslocamentos de motoristas pelas ruas, sistema dinâmico do seguro auto Pay Per Use reduz preço do quilômetro rodado em até 40%

 

Nesse momento difícil, em que os brasileiros só podem circular pelas ruas para comprar comida, remédios ou para ter acesso aos hospitais, o Grupo Thinkseg anuncia menor valor no seguro automóvel. Baseado no modelo de inteligência artificial, somado a uma decisão da empresa, o cliente Thinkseg passa a pagar entre 30% e 40% a menos no quilômetro rodado.

O seguro auto Pay Per Use (PPU – Pague pelo Uso) tem um sistema dinâmico. Diante da mudança de comportamento no deslocamento dos motoristas pelas ruas, houve a redução automática do preço de cada quilômetro (km) rodado. O desconto calculado está entre 30% a 40%. O preço de cada quilômetro é estabelecido, dentre outras variáveis, conforme o CEP de residência do motorista.

No PPU, o quilômetro com seguro pode custar, em média, 20 centavos, por exemplo, em algumas regiões do País. Quem cotar no site da Thinkseg, a partir desta semana, já vai ver os valores atualizados com o desconto automático. Para quem já é cliente, o valor do quilômetro, com o desconto, estará disponível no próximo mês.

A estimativa é de que esse seguro ofereça uma economia de até 60% no preço total do seguro automóvel pago pelos motoristas que usam pouco o veículo, quando comparado a outros produtos, do mesmo segmento, no mercado.

"Com a restrição das atividades, por conta do coronavírus (covid-19), as pessoas vão ganhar menos e querem reduzir despesas desnecessárias", explica o CEO do Grupo Thinkseg, Andre Gregori. "Estamos nos adaptando a uma nova realidade. Por isso, oferecemos um preço justo de seguro às pessoas. Quem usar o carro vai pagar o seguro com mais descontos neste momento", completa.

Ajuste dinâmico no preço

Por meio do aplicativo Thinkseg (app Thinkseg), é possível acompanhar o número de motoristas que estão se deslocando no País e, assim, ocorre o ajuste dinâmico do preço de cada quilômetro. "Quanto menor a locomoção de veículos, o preço do quilômetro cai. É o momento sendo ajustado ao bolso de cada um", diz Gregori.

Após a contratação do PPU, 100% online na Thinkseg, o motorista recebe o convite para fazer o download do app Thinkseg. Quando logado no smartphone do motorista, o app avalia o modo de condução do veículo por meio de sete variáveis: aceleração, velocidade, frenagens, viradas, uso do celular na direção, horário e local onde trafega. Segurado com bom comportamento no volante ganha pontos.

O modelo de seguro automóvel Pay Per Use foi lançado no Brasil em novembro passado, em parceria com a seguradora itialiana Generali. O seguro PPU é completo e aceita veículos com valor mínimo de R﹩ 20 mil e máximo de R﹩ 300 mil, presentes na tabela Fipe, de acordo com a política de aceitação da plataforma. Os modelos de autos podem ser nacionais e importados, com ou sem blindagem, em todo o território nacional.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes