Menu

Nama registra um aumento de 332% no consumo de sua plataforma de chatbots Destaque

Nama registra um aumento de 332% no consumo de sua plataforma de chatbots

Empresas estão recorrendo à Inteligência Artificial para garantir a eficiência operacional durante a crise do Covid-19

O estado de distanciamento social imposto pelas autoridades como resposta ao avanço do Coronavírus já começa a causar diversos problemas de ordem econômica. A maioria das empresas foi obrigada a paralisar suas operações sem um plano de continuidade de negócios, o que por consequência causou impacto nas vendas e no faturamento. Nem todos os gestores tiveram tempo hábil para planejar a melhor maneira de garantir a produtividade de seus times trabalhando remotamente. 

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) estima que a pandemia possa acabar com até 25 milhões de empregos em todo o mundo. Ao mesmo tempo em que as pessoas devem evitar a circulação para diminuir a velocidade de propagação do vírus, as empresas buscam maneiras de se manterem produtivas e continuar gerando receitas e mantendo empregos. Para garantir eficiência diante deste dilema, as companhias podem adotar o que a tecnologia oferece de melhor atualmente. Assistentes virtuais podem garantir a manutenção da operação da sua empresa mesmo durante a crise.

“As possibilidades que a Inteligência Artificial traz para os negócios são praticamente infinitas. Para um cenário como o desta crise que vivemos, em particular, chatbots podem executar funções simples que garantam a operação de uma companhia enquanto os colaboradores executam remotamente o que pode ser feito de casa”, afirma Rodrigo Scotti, CEO da Nama, empresa brasileira que desenvolveu sua própria  plataforma de inteligência artificial.

Desde fevereiro deste ano, a Nama registrou um aumento de 332% no consumo de sua plataforma. “Cada chamada em nossa API significa uma interação com robô. Além desse crescimento expressivo, estamos prevendo um aumento de até 8x na demanda até o fim da pandemia”, afirma Scotti. 

Entre as áreas de uma empresa que podem ser beneficiadas pela adoção de chatbots e inteligência artificial, Scotti destaca RH, atendimento a clientes, geração de leads e comunicação com parceiros.

·         

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes