Menu

Banco do Brasil prorroga dívidas de micro e pequenas empresas

Medidas contemplam postergação do vencimento de duas parcelas e diluição de juros, visando aumentar a liquidez financeira das PMEs

 

O Banco do Brasil começou ontem, dia 23, a liberar as operações de crédito para garantir a liquidez financeira das micro e pequenas empresas nesse período de pandemia do Coronavírus. Esses clientes poderão prorrogar as próximas duas parcelas a vencer, que serão migradas para o final do cronograma de pagamento de suas dívidas. 


Além da prorrogação das parcelas, a incidência dos juros será diluída ao longo de todo o cronograma de pagamentos. As linhas contempladas utilizam recursos próprios do BB. O objetivo é garantir que as micro e pequenas empresas não necessitem dispor de seus caixas para pagar empréstimos neste momento, liberando recursos para garantir o pagamento de funcionários e fornecedores.  


O pequeno empresário que quiser se valer das medidas pode fazer a contratação diretamente no Gerenciador Financeiro. Também é possível realizar a operação nas agências, mas o BB orienta que o empreendedor utilize o canal remoto. 


As linhas contempladas são: BB Giro Digital, BB Giro Empresa,  BB Giro Rápido, BB Giro Cartões, BB Giro Corporate e BB Financiamento.  


Além dessas linhas, o Banco do Brasil está com todas as suas linhas de crédito de capital de giro à disposição dos clientes, também no sentido de prover liquidez às micro e pequenas empresas.

 

Leia mais ...

Feirão Limpa Nome SP anuncia parcelamento sem juros e amplia descontos

Para contribuir com as ações de incentivo à economia, Digio, Tricard, Ativos, BMG e Recovery aumentam as vantagens para renegociação de dívidas até o dia 31 de março 

O Serasa Consumidor, startup e braço da Serasa Experian, está realizando uma ação inédita para a negociação de dívidas durante o Feirão Serasa Limpa Nome online: para ajudar cada vez mais consumidores a organizarem suas finanças, a empresa anuncia novas e agressivas vantagens em parceria com: Digio, Tricard, BMG, Recovery, Credsystem e Ativos. A partir de agora, cada um dos parceiros listados, traz novas condições de pagamento que incluem desde parcelamento em até 48x sem juros, ampliação dos descontos e maior prazo de pagamento a partir do fechamento do acordo no site do Serasa Limpa Nome. 

  A ação é válida durante todo o Feirão Serasa Limpa Nome online, que vai até o dia 31 de março e foi desenvolvida para auxiliar no reaquecimento da economia, considerando as medidas de restrição adotadas para combater a pandemia do Covid-19.  

    As renegociações de dívidas feitas pela internet através do Serasa Limpa Nome apresentam crescimento desde o final da semana passada, quando o atendimento presencial do Feirão Limpa Nome foi cancelado, em virtude do aumento do número de casos de Covid-19 no país. Atualmente, o evento já passa de mais de 1.3 milhão de acordos, número bastante expressivo.

  "A partir do agravamento da epidemia no país, buscamos os parceiros do Feirão Limpa Nome para oferecer descontos e, principalmente, condições de pagamento de dívidas nunca antes vista pelos consumidores brasileiros. Acreditamos que esse é o momento de cada um de nós olhar para si e ver como podemos ajudar a população, principalmente a parte mais fragilizada. Também cremos que essa nova onda de descontos e condições especiais vai contribuir para melhorar a economia neste momento, onde a população brasileira vai precisar de mais acesso ao crédito para retomada do consumo. Com as pessoas se preservando em suas casas, vemos um crescimento em negociações online e nossos parceiros passam a oferecer uma oportunidade inédita", completa o diretor Giresse Contini.  

  Para esta nova e inédita iniciativa do Feirão Serasa Limpa Nome e seus parceiros, os descontos oferecidos são:  

 ·         Digio – Parcelamento em até 18x para dívidas de cartão e até 36x empréstimo;

·         Tricard –Parcelamento em até 6x sem juros ou até 24x com juros de 1% a.m

·         BMG - Parcelamento em até 48x e com 45 dias para o pagamento da primeira parcela

·         Ativos – Parcelamento em até 48x.

·         Recovery – Parcelamento em até 98%, além de 15 dias para pagamento à vista e 60 para pagamento a prazo.

 O Feirão Limpa Nome Serasa com descontos de até 98% continua até o próximo dia 31 de março, pelo site https://www.serasaconsumidor.com.br/limpa-nome-online/ e pelo aplicativo do Serasa Consumidor. 

 

 

Leia mais ...

Banco do Brasil reforça suas linhas de crédito com R$ 100 bilhões

Do total, R$ 24 bilhões são destinados a pessoas físicas, R$ 48 bilhões para empresas, R$ 25 bilhões para o agronegócio e R$ 3 bilhões para governos municipais e estaduais

 

O Banco do Brasil anunciou ontem, dia 18, a disponibilização de R$ 100 bilhões para reforçar suas linhas de crédito voltadas para pessoas físicas, empresas, agronegócio, além de recursos destinados a investimentos e compra de suprimentos na área de saúde por prefeituras e governos.

Do total, R$ 24 bilhões são destinados a pessoas físicas, R$ 48 bilhões são para empresas, R$ 25 bilhões para o agronegócio e R$ 3 bilhões para administrações públicas municipais e estaduais. Os montantes irão reforçar as linhas de crédito já existentes, principalmente as voltadas para crédito pessoal e capital de giro.

Os recursos já estão disponíveis e podem ser contratados pelos canais digitais de relacionamento com o BB (aplicativo no celular, Internet banking e terminais). Em caso de impossibilidade de contratação por canais digitais, as agências permanecem abertas para atender os clientes.

“É muito importante que o crédito continue disponível aos nossos clientes neste momento, o que irá contribuir para a superação das dificuldades que venham a enfrentar. A orientação aos nossos gerentes é que acompanhem de perto a situação de cada cliente para que possamos antecipar as soluções financeiras adequadas já nos primeiros sinais de dificuldade”, disse Rubem Novaes, presidente do Banco do Brasil.

Para as pessoas físicas, o reforço ocorre nas linhas de crédito pessoal (crédito consignado, crédito salário e crédito automático). Os recursos já estão disponíveis e podem ser contratados por todos os clientes que possuam limite de crédito definido no BB para essas linhas, até o valor aprovado para cada cliente. Como medida adicional, o BB ampliou os limites de crédito de 13 milhões de clientes pessoas físicas, o que adicionará mais R$ 18 bilhões aos limites atualmente concedidos.

No que se refere às empresas, o BB incrementará em R$ 48 bilhões os recursos disponíveis para linhas de capital de giro, de investimento e de antecipação de recebíveis. Serão beneficiadas empresas de todos os portes, de micro e pequenas ao segmento corporate, e o dinheiro pode ser contratado até o limite de crédito disponível para cada cliente.

Para os produtores rurais, o BB reforçará as linhas de comercialização em R$ 5 bilhões, as de financiamento da produção agropecuária em R$ 15 bilhões, as de investimento em R$ 2 bilhões e as de capital de giro em R$ 3 bilhões. As linhas atendem tanto aos produtores rurais pessoas físicas como as empresas que atuam no agronegócio.

Quanto aos estados e municípios, no esforço de lidar com a contenção do Covid 19, o Banco do Brasil também destinou R$ 3 bilhões para apoiar, prioritariamente, o financiamento de equipamentos e obras na área de saúde. Os recursos também possibilitam o investimento em outras áreas, como eficiência energética, infraestrutura e viária, educação e saneamento. Podem contratar todos os estados e municípios que tenham limite de crédito no BB e atendam as condições legais previstas pelo Tesouro Nacional.

 

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes