Menu

Em meio à crise do coronavírus, Thinkseg ajuda a economizar com o seguro automóvel

Com menos deslocamentos de motoristas pelas ruas, sistema dinâmico do seguro auto Pay Per Use reduz preço do quilômetro rodado em até 40%

 

Nesse momento difícil, em que os brasileiros só podem circular pelas ruas para comprar comida, remédios ou para ter acesso aos hospitais, o Grupo Thinkseg anuncia menor valor no seguro automóvel. Baseado no modelo de inteligência artificial, somado a uma decisão da empresa, o cliente Thinkseg passa a pagar entre 30% e 40% a menos no quilômetro rodado.

O seguro auto Pay Per Use (PPU – Pague pelo Uso) tem um sistema dinâmico. Diante da mudança de comportamento no deslocamento dos motoristas pelas ruas, houve a redução automática do preço de cada quilômetro (km) rodado. O desconto calculado está entre 30% a 40%. O preço de cada quilômetro é estabelecido, dentre outras variáveis, conforme o CEP de residência do motorista.

No PPU, o quilômetro com seguro pode custar, em média, 20 centavos, por exemplo, em algumas regiões do País. Quem cotar no site da Thinkseg, a partir desta semana, já vai ver os valores atualizados com o desconto automático. Para quem já é cliente, o valor do quilômetro, com o desconto, estará disponível no próximo mês.

A estimativa é de que esse seguro ofereça uma economia de até 60% no preço total do seguro automóvel pago pelos motoristas que usam pouco o veículo, quando comparado a outros produtos, do mesmo segmento, no mercado.

"Com a restrição das atividades, por conta do coronavírus (covid-19), as pessoas vão ganhar menos e querem reduzir despesas desnecessárias", explica o CEO do Grupo Thinkseg, Andre Gregori. "Estamos nos adaptando a uma nova realidade. Por isso, oferecemos um preço justo de seguro às pessoas. Quem usar o carro vai pagar o seguro com mais descontos neste momento", completa.

Ajuste dinâmico no preço

Por meio do aplicativo Thinkseg (app Thinkseg), é possível acompanhar o número de motoristas que estão se deslocando no País e, assim, ocorre o ajuste dinâmico do preço de cada quilômetro. "Quanto menor a locomoção de veículos, o preço do quilômetro cai. É o momento sendo ajustado ao bolso de cada um", diz Gregori.

Após a contratação do PPU, 100% online na Thinkseg, o motorista recebe o convite para fazer o download do app Thinkseg. Quando logado no smartphone do motorista, o app avalia o modo de condução do veículo por meio de sete variáveis: aceleração, velocidade, frenagens, viradas, uso do celular na direção, horário e local onde trafega. Segurado com bom comportamento no volante ganha pontos.

O modelo de seguro automóvel Pay Per Use foi lançado no Brasil em novembro passado, em parceria com a seguradora itialiana Generali. O seguro PPU é completo e aceita veículos com valor mínimo de R﹩ 20 mil e máximo de R﹩ 300 mil, presentes na tabela Fipe, de acordo com a política de aceitação da plataforma. Os modelos de autos podem ser nacionais e importados, com ou sem blindagem, em todo o território nacional.

Leia mais ...

Seguro habitacional: cobertura em caso de pandemia é excluída

A questão se enquadra na categoria dos chamados “riscos excluídos”, dos quais fazem parte, por exemplo, “pandemias oficialmente declaradas” – caso do Covid 19

Os mutuários que possuem financiamento habitacional não estão cobertos, no caso de morte por coronavírus, pelo chamado seguro de Morte ou Invalidez Permanente - MIP, constante nos contratos. O alerta é da advogada Daniele Akamine, da Akamines Advogados e Negócios Imobiliários e especialista em Economia da Construção Civil. Segundo ela, a questão se enquadra na categoria dos chamados “riscos excluídos”, dos quais fazem parte, por exemplo, “pandemias oficialmente declaradas” – caso do COVID19. Por isso, é importante o mutuário estar atento dessa situação.

 “O seguro de morte e invalidez permanente (MIP) tem como principal objetivo garantir a quitação ou amortização do saldo devedor de um financiamento imobiliário se houver um imprevisto coberto pela apólice. Por exemplo, se a renda de um dos beneficiários do seguro representa 60% do financiamento, essa parte seria garantida pelo seguro no caso de morte por motivos não enquadrados na categoria dos riscos excluídos”, explica.

 Daniele esclarece ainda que pessoas que têm um financiamento imobiliário e que perderam renda ou emprego nesse período devem ficar atentas, pois caso não consigam pagar três prestações do imóvel, o mesmo pode ser levado à leilão. “A situação é crítica e as pessoas devem focar no bem-estar e na saúde num momento como este, seguindo as recomendações das autoridades e órgãos de saúde. Mas por outro lado, não podem descuidar do financiamento imobiliário, pois podem correr o risco de perder seus imóveis”, alerta.

 A advogada dá algumas dicas para quem tem um imóvel financiado neste momento:

 • Caso tenha perdido renda, emprego, ou é um profissional autônomo e está com dificuldades de pagar seu financiamento, entre em contato com a instituição financeira e tente renegociar sua dívida;

 • Não deixe de pagar mais de três prestações seguidas do seu financiamento. Seu imóvel pode ser retomado pela instituição nesse caso;

 Akamines ressalta que é necessária uma política pública capaz de gerar empregos e renda, ainda mais agora, pois quando toda essa situação passar, as pessoas que perderam renda e seus empregos formais aumentarão ainda mais as estatísticas de desemprego do País.

 

 

Leia mais ...

Insurtech libera vistoria e inspeção remota gratuitamente para o mercado

Diante da pandemia do coronavírus, iniciativa visa mitigar os impactos nos setores automotivo e segurador

 

A preocupação com a crescente disseminação do coronavírus (COVID-19) está mudando a rotina de milhões de pessoas em todo o mundo. Por conta dos riscos, a orientação dos órgãos governamentais é que a população reduza o contato social e muitas empresas, assim como a própria Planetun, já estão adotando o trabalho home office.

Pensando em minimizar o impacto da pandemia no mercado automotivo e segurador, a insurtech Planetun decidiu liberar gratuitamente seus aplicativos web que permitem a vistoria ou inspeção remota para as empresas que ainda não possuem esta tecnologia, durante 30 dias.

Com a solução da Planetun é possível que o usuário realize a vistoria ou inspeção do seu bem, automóvel ou residência, de forma remota, com poucos cliques no celular. O cliente recebe um link que dá acesso a um aplicativo web e, seguindo as instruções da ferramenta, envia as fotos necessárias para o processo diretamente para a avaliação da seguradora. Desta forma, elimina-se o deslocamento e contato físico, o que contribui para a não disseminação do vírus.

Para os automóveis, a insurtech vai disponibilizar os aplicativos de vistoria prévia; autossinistro (segurado faz as fotos); sinistro oficina (oficina faz as fotos); constatação de danos; e vistoria de qualidade. Para residências, as soluções de inspeção residencial e sinistro residencial (quebra de vidros, roubo / furto e danos elétricos) estarão liberadas. Os idosos, que são o maior grupo de risco em relação à doença, também vão poder se beneficiar utilizando o app de prova de vida de forma gratuita.

"A tecnologia é uma grande aliada no dia a dia e em situações extremas pode ser ainda mais eficiente, contribuindo para ajudar as pessoas e a economia. Nesse momento é importante usarmos esses recursos a fim de diminuir o impacto causado por essa pandemia", comenta Henrique Mazieiro, CEO da Planetun.

As seguradoras devem acompanhar o andamento de todos os processos pelo workflow da Planetun, sistema que gera fila de trabalho e ainda disponibiliza outros recursos como geolocalização e dashboard.

Para mais informações, os interessados devem acessar: http://www.planetun.mobi/previna-se

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes