Menu

Fujitsu se destaca por iniciativas para redução de impactos ambientais

Lista da entidade britânica, a CDP, classifica empresas que desenvolvem ações em prol do meio ambiente

A Fujitsu, líder em tecnologia da informação e da comunicação, está presente, pelo terceiro ano consecutivo, na lista das 180 grandes empresas que promovem ações em resposta às mudanças climáticas, publicada pela Carbon Disclosure Project (CDP). A CDP é uma organização britânica que apoia a divulgação do impacto ambiental das principais corporações mundiais. A Fujitsu conquistou a classificação mais alta na avaliação de atividades corporativas para a redução de riscos ambientais.

O objetivo da avaliação do CDP é tornar os relatórios ambientais e o gerenciamento de riscos uma norma de negócios e impulsionar a divulgação, o insight e as ações em direção a uma economia sustentável. A entidade internacional, sem fins lucrativos, conduz pesquisas de empresas com ativos totais de investimentos superiores a U$ 96 trilhões, sobre as suas ações em relação às mudanças climáticas. O CDP avalia as organizações quanto à abrangência de sua divulgação, conscientização e gerenciamento de riscos ambientais e demonstração das melhores práticas associadas à liderança ambiental, como o estabelecimento de metas ambiciosas e significativas.

Em maio de 2017, a Fujitsu iniciou um programa ambiental de médio e longo prazo chamado ‘Fujitsu Climate and Energy Vision’, criado para ajudar o grupo a atingir seus objetivos de sustentabilidade. Entre as metas, está o alcance de emissão zero de CO2, até 2050, por meio do uso de Inteligência Artificial e outras tecnologias que suportam a transformação digital.

O grupo também está tomando medidas para mitigar e se adaptar às mudanças climáticas, por meio de suas atividades comerciais. Essas ações contribuem com os esforços na construção de infraestruturas sociais mais resilientes e da criação de uma sociedade descarbonizada. Ao alcançar essa visão, o Grupo Fujitsu visa promover ainda mais respostas às mudanças climáticas, criando uma sociedade próspera e sustentável.


 

Leia mais ...

BB é a empresa brasileira mais sustentável do mundo

Título vem do ranking Global 100, divulgado no Fórum Econômico Mundial

Nesta terça-feira, 21, o Banco do Brasil foi reconhecido como um dos bancos mais sustentáveis do mundo, no ranking Global 100, de 2020, da Corporate Knights. O ranking foi divulgado durante o Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça. Após uma rigorosa avaliação de 7.395 empresas, com mais de US$ 1 bilhão de receita, o BB ficou na nona posição entre as 100 Corporações Mais Sustentáveis do Mundo, sendo a única empresa financeira da América Latina a integrar o índice e a empresa brasileira mais bem colocada.

"Este é mais um resultado que coloca o BB em evidência no cenário internacional, demonstrando a relevância do tema e o compromisso de incorporarmos critérios ambientais, sociais e de governança (ESG - Environmental, Social and Governance -, na sigla em inglês) na estratégia e nos negócios do Banco. Os investidores estão cada vez mais atentos aos fatores ESG em suas análises e decisões de investimento", destaca o gerente geral da Unidade Relações com Investidores do BB, Daniel Maria.

A conquista é resultado do trabalho integrado do Banco e se soma a outros reconhecimentos, como fazer parte do Dow Jones Sustentability Index da Bolsa de Nova Iorque nas categorias global e mercados emergentes, o FTSE Good Index Series da Bolsa de Londres e o Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3.

Sobre o Global 100

O Global 100 é um índice anual da Corporate Knights, lançado em 2005, que classifica as empresas pelo desempenho em sustentabilidade, avaliando as dimensões econômica, ambiental e social. O ranking é baseado em dados públicos disponibilizados pelas empresas. A metodologia considera 21 indicadores de desempenho, entre os quais: gestão financeira, de pessoal e de recursos; receita obtida de produtos/serviços com benefícios sociais e/ou ambientais; e desempenho da cadeia de fornecedores.

Do total de 100 empresas do Global 100 em 2020, 49 são da Europa. Os Estados Unidos e o Canadá contam com 29, enquanto 18 empresas são da Ásia. A América Latina tem apenas três membros na lista, todos do Brasil, sendo o BB a única instituição financeira.

 

Leia mais ...

Epson apresenta na Futurecom tecnologias sustentáveis para o setor público

Pela primeira vez, empresa participará do Congresso FutureGov da Futurecom 2019, evento que visa debater inovação na gestão pública

Entre os dias 29 e 31 de outubro, a Epson estará na 21ª edição do Futurecom 2019, expondo suas soluções profissionais no congresso voltado para o setor público, a FutureGov, no São Paulo Expo. Esta é a primeira vez que a empresa participa do evento, entre os equipamentos que estarão disponíveis para demonstração estarão a linha de impressoras corporativas (Business Inkjet), projetor interativo e scanners profissionais.


O Futurecom é o maior e mais importante evento de tecnologia, telecomunicação e transformação digital da América Latina. No ano passado, o evento contou com a participação de 300 marcas expositoras, totalizando mais de 29 mil visitantes. Em 2019, a Epson será patrocinadora do espaço FutureGov, onde acontecerá um congresso, com discussões sobre tecnologias voltadas ao setor público. “Estamos muito felizes em poder levar o que temos de melhor no nosso portfólio para o mercado corporativo. As nossas soluções têm o que o setor público precisa, além de tecnologia de ponta, os equipamentos geram uma economia de mais de 90% no consumo de energia e insumos”, disse Thiago Ribeiro, gerente de Negócios da Epson.

Entre as soluções que serão apresentadas estão a multifuncional EcoTank M3180, que conta com tecnologia PrecisionCore e capacidade inicial para até 11 mil páginas e os modelos da linha WorkForce Pro WFC5790, WF-C20590 e WFC869R voltados ao setor de outsourcing. “Estes equipamentos oferecem grande redução nos custos de impressão em comparação com modelos a laser, como a WF-C869R com inovador sistema de bolsas de tinta de reposição com rendimento de até 86.000 páginas, além da tecnologia LineHead presente no modelo WF-C20590 que permite a velocidade de impressão de até 100 ppm”, afirma Thiago.

Scanners e Projetores

Também estará disponível para demonstração o projetor BrightLink 710Ui, com resolução Full HD, que gera imagens vívidas de até 100 polegadas. Sua tecnologia laser, o permite operar até 20 mil horas sem praticamente nenhuma necessidade de manutenção. Para ambientes que requerem muita agilidade a Epson também apresentará suas soluções de scanner para documentos, o DS-870 e o DS-1630 ideais para grupos de trabalho, com ADFs de 100 e 50 páginas respectivamente.

“Nossas tecnologias de impressão e digitalização estão levando mais qualidade e otimizando o dia-a-dia de trabalho em diversas empresas de diversos setores. Na FutureGov apresentaremos seus benefícios que também podem ser aplicados aos departamentos públicos”, finaliza o gerente da Epson.


 

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes