Menu

Systax cresce em vendas e mantém otimismo em 2017

Fábio Rodrigues é sócio-diretor da Systax Fábio Rodrigues é sócio-diretor da Systax

Especializada em inteligência fiscal, a empresa avalia conquistas e novidades apresentadas no ano anterior e destaca investimento em pesquisa e desenvolvimento para 2017

Com acervo inédito de mais de 3 milhões regras tributárias em seu banco de dados, a Systax tem como diferencial o constante acompanhamento de mudanças na legislação tributária brasileira em nível federal e estadual, contemplando as 27 unidades federativas. Esse ativo permitiu à empresa fornecer um apoio abrangente e atualizado em processos preventivos e de auditorias à centenas de clientes, um serviço importante no complexo e competitivo mercado de tecnologia para a área fiscal.

Mesmo com os desafios trazidos pela situação econômica brasileira, a Systax apresentou um conjunto de metas ousadas para 2016, e dentre os três patamares estabelecidos, atingiram a meta inicial ficando apenas 96,5% do segundo nível, somando um crescimento de 45% em vendas, e 108% nas receitas recorrentes em relação ao mesmo período de 2015.

Reconhecidos com o prêmio de Melhor Parceiro de Tecnologia de 2015, da Amazon Web Services, a Systax também lançou novos serviços e aprimoramentos para complementar seu portfólio. A solução Systax DFE, para gestão de NF-e e CT-e ganhou novos recursos, enquanto os lançamentos do Systax DATA e Systax Light, nova API para apoiar parceiros de consultoria e auditoria fiscal e serviço de parametrização fiscal como foco em pequenas e médias empresas, respectivamente, trouxeram novas oportunidades comerciais para a empresa.

Essa movimentação durante 2016 evidenciou o investimento da organização no desenvolvimento e pesquisas para continuar ajudando seus clientes a manter-se em conformidade com as crescentes exigências tributárias brasileiras. O contexto normativo de tributação ficou mais complexo em 2016, por questões como CEST e Partilha do ICMS, porém, segundo Fábio Rodrigues, sócio-diretor da Systax, o que pode representar uma dificuldade para outras empresas é uma oportunidade para a Systax apoiá-las diminuindo custos, riscos e melhorando a qualidade das informações fiscais.

Otimista para 2017, Rodrigues comenta a intenção de manter um volume de investimentos em pesquisa e desenvolvimento. “Além dos desafios tecnológicos internos, nossos desafios estão relacionados com ampliação das receitas recorrentes e oferta de novas integrações, com outros ERPs de mercado”, explica e lembra que em 2016 a empresa já aprimorou as integrações de seus produtos com o SAP e outros softwares de gestão empresarial.

 

 

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes