Menu

Ancord promove workshop sobre mudanças no Fundo Garantidor de Crédito

Ancord promove workshop sobre mudanças no Fundo Garantidor de Crédito

Evento apresentará e debaterá os impactos das novas regras para os mercados financeiro e de capitais

No dia 10 de maio, a partir das 8h45, a Ancord (Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias) irá promover o Workshop gratuito "FGC (Fundo Garantidor de Créditos) e os impactos das novas regras para os mercados financeiro e de capitais ". O principal objetivo do evento é apresentar e debater as alterações na legislação aprovadas em dezembro do ano passado.

O FGC funciona como uma proteção para o investidor de produtos bancários elegíveis à garantia. Assim sendo, caso a instituição financeira onde o investidor tem recursos aplicados em conta corrente, poupança ou renda fixa seja objeto de uma intervenção do Banco Central do Brasil, por exemplo, o FGC garante o dinheiro de volta até o limite máximo estabelecido pela legislação naquele momento.

As novas regras limitaram o valor de cobertura em R$ 1 milhão por CPF ou CNPJ – considerando um período de até quatro anos. Já o teto do reembolso por instituição foi mantido em até R$ 250 mil. Na prática, se o investidor tiver uma quantia maior aplicada em uma mesma instituição, ele só poderá receber de volta o teto de R$ 250 mil.

André Loes, diretor executivo do FGC, será o principal palestrante do evento. Graduado e mestre em economia pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), doutor em Economia pela Universidade de Paris, Loes também já atuou na antiga Anbid (Associação Nacional dos Bancos de Investimento) e nos bancos Bozano, Simonsen, Santander Brasil e HSBC.

Serviço

Local: Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias.

Endereço: R. Líbero Badaró, 425 - 8º andar - Centro - São Paulo (SP)

Horário: a partir das 8h45

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes