Menu

BB expande abertura de conta pelo app para microempreendedores

Marcelo Labuto, vice-presidente de Negócios de Varejo do Banco do Brasil Marcelo Labuto, vice-presidente de Negócios de Varejo do Banco do Brasil

Solução está aberta para cerca de cem clientes e chegará a todo o mercado em meados de dezembro

Os sete milhões de microempreendedores individuais (MEI) do país vão contar com uma nova facilidade para abertura de contas bancárias. Com fluxo 100% digital, o Banco do Brasil vai incluir o público na Conta Fácil, que contempla a adesão pelo smartphone.

Inédita no mercado financeiro, a solução está aberta para cerca de cem clientes e chegará a todo o mercado em meados de dezembro, por meio do aplicativo do Banco para dispositivos móveis. Para abrir a Conta Fácil MEI, o cliente envia pelo mobile o documento de identificação, o Certificado da Condição do Microempreendedor Individual (CCMEI) e o comprovante de endereço. A análise é feita diretamente por um órgão interno do BB, sem passar pelas agências.

“Nossa proposta é ajudar o microempreendedor no seu negócio, tornando sua experiência com o banco mais ágil e resolutiva. A praticidade da Conta Fácil para as pessoas físicas foi muito bem recebida e nos motivou a expandir a iniciativa para outros públicos”, celebra Marcelo Labuto, vice-presidente de Negócios de Varejo do Banco do Brasil.

A conta de pagamento permite outras oportunidades aos clientes, como a contratação da afiliação Cielo e a adesão ao débito automático para pagamentos como o Documento de Arrecadação do Simples Nacional – DAS-MEI. Além de poder contar com o cartão Ourocard Empreendedor PJ ELO, que dá mais autonomia ao empresário.

Além do celular, a movimentação da Conta Fácil MEI pode ser feita nos terminais eletrônicos do BB, pelo Gerenciador Financeiro, correspondentes bancários e pelas transações na função débito no comércio em geral.

A solução está disponível para os microempreendedores com data de constituição superior a 180 dias. Trata-se de uma conta de pagamento para movimentação mensal de até R$ 10 mil. A opção conta com duas franquias de serviço: a Conta Fácil MEI Especial, com adesão à máquina Cielo e um número maior de transações, no valor de R$ 34, e a Conta Fácil MEI, que conta com um número menor de transações, custa R$ 17.

As duas modalidades contemplam o serviço de mensagens SMS, o primeiro cartão para movimentação e transações ilimitadas nos canais mobile e web, como saldos, extratos, pagamentos e transferências entre contas do BB.

Na área de Pessoa Física, 1,4 milhão de clientes abriram a Conta Fácil pelo aplicativo e 68 mil optaram por aderir à conta corrente completa, funcionalidade disponível desde maio de 2017.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes