Menu

Valid investe em tecnologia para o mercado financeiro

Valid investe em tecnologia para o mercado financeiro

Empresa trabalha no desenvolvimento de plataformas de comunicação que podem se conectar a diferentes APIs e realizar a entrega de serviços para múltiplos canais de acesso

O número de transações bancárias realizadas por aparelhos móveis no Brasil ultrapassou a quantidade de operações feitas em computador. O dado, revelado na última semana em pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, aponta ainda que o País superou a marca de um smartphone por habitante e hoje conta com 220 milhões de celulares inteligentes ativos. No mercado financeiro, as tecnologias estão sendo traduzidas em facilidade tanto para o usuário final quanto para bancos, fintechs e comércio.

A Valid, provedora global de soluções seguras personalizadas, vem investindo em tecnologia para oferecer uma experiência mais completa em meios de pagamento, englobando desde aplicações para autenticação e identificação, interfaces permitindo transações seguras até análises profundas de dados analíticos e comportamentais que auxiliam a traçar perfis de clientes e suas tendências de consumo, tudo isso com a possibilidade de agregar a confiança de um Certificado Digital ou realizá-las com o Blockchain.

Na Colômbia, os mais de 6,6 milhões de clientes do Banco Davivienda utilizam o DaviPlata Mobile, solução desenvolvida pela companhia que permite ao usuário gerenciar seu dinheiro facilmente pelo smartphone sem ter uma conta bancária ou cartão de débito. O sistema de Mobile banking e pagamentos funciona por QRCode. Neste sistema, uma variante em 2D dos tradicionais códigos de barras, as informações apuradas graças ao mapeamento do comportamento dos usuários são enviadas a um servidor que armazena e analisa os dados.

"O mercado financeiro representa um dos principais mercados consumidores de tecnologia da informação, movido por agilidade, segurança e transparência", pontua Adriano Franki, VP of Sales MP & TELECOM Brazil da Valid. Segundo ele, o setor também tem se beneficiado da versatilidade das APIs, interfaces de programação para aplicações que possibilitam uma variedade de serviços e formatos para usuários de todos os segmentos.

O tema tem chamado a atenção das Fintechs. O órgão regulador europeu já sinalizou aos bancos que estes deverão começar a abrir suas APIs para que empresas interessadas em prestar serviços aos clientes possam inovar e entregar novos conceitos de serviços financeiros.

"Na prática, isso significa uma real abertura para a criação de novos casos de uso que tragam melhor experiência de usuário e valor para os consumidores. A era do banco digital está apenas começando para quem pensa em usar APIs", avalia.

Nesse segmento, a Valid tem trabalhado no desenvolvimento de plataformas de comunicação que podem facilmente se conectar a diferentes APIs e realizar a entrega de serviços para múltiplos canais de acesso de maneira inteligente, simples e efetiva.

"Carros realizando pagamentos e pré-seleção de compras de supermercado. São possibilidades para as quais estamos atentos. Nossa meta é entregar soluções seguras, integradas e personalizadas de acordo com os desafios e necessidades de cada cliente", resume Adriano Franki.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes