Menu

Número de recuperações judiciais cai 58,6% em setembro

Número de recuperações judiciais cai 58,6% em setembro

Conforme a Serasa Experian, micro e pequenas empresas lideraram os requerimentos, com 59 pedidos

De acordo com Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações, em setembro foram requeridos 101 pedidos de recuperações judiciais, queda de 58,6% em relação a setembro de 2016. Já em relação a agosto deste ano, os pedidos caíram 41,3%. As micro e pequenas empresas lideraram os requerimentos no mês passado, com 59 pedidos, seguidas pelas médias (26) e pelas grandes empresas (16).

No acumulado de janeiro a setembro de 2017, foram requeridos 1.087 pedidos, queda de 26,5% sobre o número registrado no mesmo período em 2016. De janeiro a setembro de 2016 foram 1.479 ocorrências, contra 913 em 2015.

Nestes nove meses de 2017, as micro e pequenas empresas tiveram 632 pedidos, seguidas pelas médias (292) e pelas grandes empresas (163).

Falências têm queda

Na análise mensal, o Indicador verificou queda 4,3% de requerimentos de falências em setembro em relação ao mesmo mês de 2016 (178 contra 186). Já na comparação com agosto deste ano, houve aumento de 7,9%. Na verificação mensal de setembro, as MPEs também ficaram na frente com 99 requerimentos, seguidas pelas médias empresas, com 39, e as grandes, com 40.

De janeiro a setembro, foram encaminhados 1.329 pedidos de falência em todo o país, declínio de 5,4% em relação aos 1.405 requerimentos efetuados no mesmo período em 2016. Na comparação com janeiro a setembro de 2015, o número de pedidos de falência subiu 0,23%. Dos 1.329 requerimentos de falência efetuados nos nove meses de 2017, 705 foram de micro e pequenas empresas, 287 de médias e 337 de grandes.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, após os níveis recordes que foram atingidos durante o ano de 2016, os pedidos de recuperação judicial vêm mantendo trajetória de queda neste ano de 2017. Segundo eles, a retomada do crescimento econômico e as sucessivas reduções das taxas de juros contribuem significativamente para esta redução.

Metodologia 

O Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações é construído a partir do levantamento mensal das estatísticas de falências (requeridas e decretadas) e das recuperações judiciais e extrajudiciais registradas mensalmente na base de dados da Serasa Experian, provenientes dos fóruns, varas de falências e dos Diários Oficiais e da Justiça dos estados. O indicador é segmentado por porte.

A série histórica destes indicadores está disponível em:

http://www.serasaexperian.com.br/release/indicadores/falencias_concordatas.htm

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes