Menu

Fusões e aquisições crescem no Brasil, movimentando US$ 48,9 bi em 2017

Fusões e aquisições crescem no Brasil, movimentando US$ 48,9 bi em 2017

Conforme relatório da PwC, houve 643 transações no ano passado, alta de 8% em relação a 2016. As iniciativas nacionais superaram as estrangeiras, com 58% de participação, totalizando 350 negócios.

O mercado de fusões e aquisições no Brasil movimentou US$ 48,9 bilhões em 2017, com 643 transações efetuadas. O volume de negócios é 8% maior que o acumulado entre janeiro e dezembro de 2016, quando foram registradas 597 transações com valor total de US$ 37,6 bilhões.

Apenas no mês de dezembro, 68 negócios foram anunciados no país, um crescimento de 24% em relação a dezembro do ano anterior, mês que registrou 55 transações. As informações constam do relatório anual de fusões e aquisições da PwC Brasil.

Com 58% de participação nas transações anunciadas em 2017, os investimentos de origem nacional estiveram à frente dos investimentos de origem estrangeira, com um total de 350 negociações, crescimento de 17% na comparação com 2016, quando foram realizadas 300 transações.

O volume de investimento estrangeiro apresentou queda de 2% em 2017, com 251 transações, contra 255 negócios em 2016. Os EUA, a França e o Reino Unido foram responsáveis por 44% do total de transações, com 28%, 10% 6% do volume total de capital estrangeiro, respectivamente.

TI confirma liderança

O setor de tecnologia da informação foi o preferido dos investidores no último ano, com 21% do total transacionado. Foram realizados 132 negócios, contra 104 transações em 2016. Crescimento de 21% no volume total.

Com 9% do mercado em 2017, o setor de Serviços Auxiliares registrou 57 transações no acumulado do ano, número 23% menor que o observado em 2016, quando 74 negociações foram confirmadas. Também com 9% do volume total de negócios, o setor de Serviços Públicos cresceu 84% em relação ao último ano, quando 31 transações foram confirmadas.

A maior parte dos negócios foram realizados no Sudeste, com 440 transações. Em 2016, 380 transações foram confirmadas na região. O Estado de São Paulo liderou os negócios, com 52% do volume regional. Destes, 267 transações aconteceram na capital e 70 no interior.

A região Sul registrou 14% dos negócios, o Centro-Oeste 3%, o Nordeste 7% e a região Norte 1%.

As aquisições de controle majoritário foram a principal modalidade de negócios em 2017, com 385 transações, ante 352 de acordos registrados em 2016. As compras aparecem na segunda posição com 216 transações, seguida pelas fusões com 20 negócios anunciados, 16 incorporações e 6 joint-ventures formadas em 2017.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes