Menu

Cisco e OEA lançam Cybersecurity Innovation Councils na América Latina

Cisco e OEA lançam Cybersecurity Innovation Councils na América Latina

A empresa e a organização contam com o Cisco Networking Academy na América Latina para promover recursos educacionais que podem ajudar a diminuir a lacuna nas habilidades profissionais em cibersegurança

A Cisco e a Organização dos  Estados Americanos (OEA) anunciaram hoje que unirão forças para democratizar e promover a adoção da segurança cibernética na América Latina, por meio da criação do Cybersecurity Innovation Councils. Esta iniciativa servirá como um espaço onde as partes envolvidas, líderes e especialistas do setor privado, setor público, universidades, ONGs e fornecedores de tecnologia de segurança colaborarão para impulsionar a inovação, aumentar a conscientização e expandir as melhores práticas, a fim de ajudar a resolver riscos e desafios digitais que afetam a sociedade digital.

"À medida que os países da América Latina se transformam digitalmente, a cibersegurança será a base para alcançar suas prioridades nacionais. Nossa parceria com a OEA ajudará a preparar o terreno para que as comunidades da América Latina, seus governos e seus negócios aproveitem ao máximo a economia digital", disse Michael Timmeny, vice-presidente sênior e diretor de estratégia de Governo da Cisco.

O secretário-geral da OEA, Luis Almagro, disse que "esses conselhos criam espaços de colaboração entre líderes tecnológicos, especialistas dos setores público e privado, universidades e organizações não-governamentais para promover a inovação, conscientizar e expandir as melhores práticas. Tudo isso para ajudar a resolver os riscos e desafios enfrentados por nossas sociedades e promover um ambiente digital aberto, seguro e confiável em toda a nossa região".

A educação é a base para aumentar a conscientização e democratizar a cibersegurança. Portanto, além dos Cybersecurity Innovation Councils, tanto a Cisco quanto a OEA estão aproveitando a plataforma do Cisco Networking Academy na América Latina para promover recursos educacionais que podem ajudar a fechar a lacuna nas habilidades profissionais de cibersegurança, permitindo aos cidadãos acessar treinamento e oportunidades profissionais neste campo e ajudar a construir a força de trabalho do futuro. O novo treinamento pode ser encontrado em www.oas.org/es/sms/cicte/cursos-cisco/

A Cisco e a OEA empregarão seus conhecimentos e aproveitarão sua presença regional para liderar um diálogo importante que gere resultados para enfrentar os desafios de cibersegurança na América Latina. A cibersegurança é um princípio fundamental da Cisco para ajudar a transformar os negócios digitais. Essa iniciativa é especialmente relevante em uma indústria global onde os ataques resultaram em danos financeiros superiores a US$ 500.000, que incluem, entre outros, perda de receita, clientes, oportunidades e custos diretos para as organizações, de acordo com o Cisco Cyber Security Report, 2018.


Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes