Menu

Gartner: gastos mundiais com TI deverão crescer 2,4% em 2017

Gartner: gastos mundiais com TI deverão crescer 2,4% em 2017

Montante deve atingir US$ 3,5 trilhões neste ano, impulsionado pelo impacto da digitalização dos negócios

O Gartner, Inc., empresa global na área de pesquisa e aconselhamento em tecnologia, afirma que as despesas mundiais com TI deverão atingir US$ 3,5 trilhões em 2017, um aumento de 2,4% em relação a 2016. Esse índice de crescimento é superior à previsão do trimestre anterior, de 1,4%, devido à queda do dólar norte-americano em relação a muitas moedas estrangeiras (veja tabela). 

“O negócio digital está tendo um efeito profundo na forma como os negócios são feitos e como são suportados”, diz John-David Lovelock, vice-presidente e analista emérito do Gartner. “O impacto do digital está dando origem a novas categorias, como a convergência de ‘software mais serviços mais propriedade intelectual’. Essas ofertas da próxima geração são alimentadas por plataformas de negócios e tecnologia que serão o motor para novas categorias de gastos. As tecnologias disruptivas específicas da indústria incluem a Internet das Coisas (IoT) em manufatura, blockchain em serviços financeiros (e outros setores) e máquinas inteligentes no varejo. O foco é sobre como a tecnologia está mudando e capacitando os negócios”, acrescenta. 

A Previsão de Gastos Mundiais com TI do Gartner é o mais importante indicador das principais tendências tecnológicas nos mercados de hardware, software, serviços de TI e telecomunicações. Por mais de uma década, executivos globais de TI e de negócios têm usado esses relatórios trimestrais bastante antecipados para reconhecer oportunidades e desafios de mercado e basear suas decisões de negócios essenciais em metodologias comprovadas. 

                        Tabela - Previsão de Gastos Globais com TI (bilhões de dólares americanos)

 

Gastos 2016

Crescimento 2016 (%)

Gastos 2017

Crescimento 2017 (%)

Gastos 2018

Crescimento 2018 (%)

Sistemas de Data Center

170

-0,3

171

0,3

173

1,2

Software Corporativo

326

5,3

351

7,6

381

8,6

Dispositivos

630

-2,4

654

3,8

677

3,6

Serviços de TI

894

3,2

922

3,1

966

4,7

Serviços de Comunicação

1.374

-1,3

1.378

0,3

1.400

1,6

TI em Geral

3.396

0,3

3.477

2,4

3.598

3,5

Fonte: Gartner (Julho 2017)

O mercado mundial de software empresarial deverá crescer 7,6% em 2017, ante um crescimento de 5,3% em 2016. Como as aplicações de software permitem que mais organizações obtenham receitas de canais de negócios digitais, haverá uma necessidade maior de automatizar e lançar novas aplicações e funcionalidades. 

"Com a crescente adoção de aplicações corporativas baseadas em SaaS, também ocorre um aumento na aceitação de ferramentas para gerenciamento de operações de TI que também são fornecidas a partir da nuvem", assinala Lovelock. 

"Essas ferramentas com base em cloud permitem que os departamentos de Infraestrutura & Operações (I&O) adicionem funcionalidades mais rapidamente e adotem tecnologias mais novas para ajudá-los a gerenciar ciclos de lançamento de aplicações mais depressa. Se a equipe de I&O não monitorar e rastrear o ambiente em rápida mudança, arrisca-se à degradação do serviço de aplicações e infraestrutura, o que, em última análise, afeta a experiência do usuário final e pode ter repercussões financeiras e de marca”, adverte ele. 

As despesas com TI aumentaram em 2016, mas apenas dois dos dez principais fornecedores de TI registraram crescimento orgânico de receita. Com fontes de receita ainda ligadas ao Nexus of Forces (a convergência de Social, Mobilidade, Nuvem e Informação), alguns desses dez fornecedores líderes serão muito melhores em 2017 devido ao incremento nas vendas de celulares. 

Os gastos mundiais com dispositivos (PCs, tablets, ultraportáteis e celulares) deverão crescer 3,8% em 2017, atingindo US$ 654 bilhões. Isso é acima da previsão do trimestre anterior, que foi de 1,7%. O crescimento de telefones móveis será impulsionado pelo aumento dos preços médios de venda de aparelhos premium em mercados maduros, devido ao 10º aniversário do iPhone e à crescente combinação de telefones básicos sobre os utilitários. No entanto, o mercado de tablets continua a diminuir, já que os ciclos de substituição permanecem estendidos. 

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes