Menu

Intel e Ericsson lançam iniciativa para desenvolver aplicações nas redes 5G

Intel e Ericsson lançam iniciativa para desenvolver aplicações nas redes 5G

Projeto 5G Innovators deve beneficiar vários segmentos da economia e o conjunto da sociedade, na medida em que novas empresas ingressem

Ericsson e Intel Corporation estão lançando a 5G Innovators Initiative (5GI²), uma iniciativa aberta da indústria projetada para criar experiências que mudem vidas, empresas e a sociedade. A 5GI² reunirá os principais fabricantes de equipamentos, empresas de tecnologia, líderes da indústria e as principais universidades para explorar, testar e inovar com a rede 5G e tecnologias de ponta distribuídas para acelerar a adoção da 5G wireless e da inovação em infraestrutura nos Estados Unidos. Honeywell*, GE* e a Universidade da Califórnia, Berkeley, são os primeiros participantes a se unirem à iniciativa.

A 5GI² focará primeiro a Internet das Coisas Industrial (IIOT) e o desenvolvimento de pilotos para a aplicação de tecnologias que incluem realidade aumentada e virtual para vigilância com drones para primeiros-socorros em ambientes perigosos e outros tipos de uso. Os pilotos incluirão modelos passo a passo da rede, nuvem e os requisitos de conectividade 5G – da velocidade e tempo de resposta à segurança e análises.

À medida que outros participantes ingressem, os pilotos deverão ser ampliados para outras indústrias onde o 5G possibilitará melhorias sociais, como a condução autônoma, as cidades inteligentes e conectadas, saúde e mídia. Os pilotos também facilitarão a acessibilidade e a transparência dos resultados, encorajando o progresso em suporte aos padrões da indústria 5G e a validação de novos modelos de negócios.

Ulf Ewaldsson, chefe do Departamento de Estratégia e Tecnologia da Ericsson, disse: “Este programa está totalmente em linha com os programas já estabelecidos da Ericsson, tais como o 5G for Sweden e o 5G for Europe. Esta colaboração reúne a competência necessária de provedores de tecnologia, parceiros da indústria e acadêmicos para encontrar soluções sustentáveis a fim de digitalizar e transformar outras indústrias”.

Já Asha Keddy, vice-presidente e gerente geral de Padrões de Próxima Geração do Grupo de Comunicações e Dispositivos da Intel, avalia: “O 5G não busca apenas tornar os smartphones mais rápidos. Trata das máquinas e das coisas que possibilitarão um futuro inteiramente novo, inteligente e conectado. A construção do nosso futuro 5G requer uma nova abordagem para a colaboração e o desenvolvimento da indústria. A 5GI² Initiative combina as forças tecnológicas e o capital intelectual de cada uma das participantes para criar modelos passo a passo de como as primeiras aplicações da conectividade 5G, IoT e serviços em nuvem trarão novas formas de valor para diversas indústrias”. 

De seu lado, Suresh Venkatarayalu, chefe do Departamento de Tecnologia para Soluções de Segurança e Produtividade da Honeywell, assinala: “A capacidade de movimentar grandes quantidades de dados por múltiplas redes é fundamental para transformar a promessa da Internet das Coisas em realidade. Por isso, a tecnologia 5G será a principal habilitadora à medida que continuamos a desenvolver e implantar novas soluções conectadas. Ela nos ajudará a levar para o mercado novas soluções IoT para aeronaves, edifícios, residências, instalações industriais, fabricantes e revendedores”.

Otimização de ativos e operações

Aprofundando a análise da iniciativa, Peter Marx, vice-presidente de Conceitos Avançados da GE Digital, observa: “As empresas industriais que buscam otimizar seus ativos e operações precisam da conectividade da origem dos dados até a nuvem. Conectar esses recursos com a plataforma Predix da GE e usar as inovações emergentes do 5G wireless as ajudará a liberar a eficiência, aumentar a capacidade de gerenciamento e fomentar a sustentabilidade. A construção de um próspero ecossistema de inovadores que usem a próxima geração da conectividade digital para manter e surpreender nossos clientes – em indústrias que variam da manufatura à saúde – é a chave para o sucesso de todos”.

Por fim, Ion Stoica, professor de Ciências da Computação da UC Berkeley e diretor do RISELab, conclui: “Acreditamos que o 5G será a tecnologia-chave para habilitar a nossa pesquisa no RISELab na UC Berkeley sobre a construção de sistemas para fornecer execução em tempo real de dados ao vivo com forte segurança.  Em particular, a 5G nos daria uma flexibilidade sem precedentes na implantação de funcionalidades de ponta em dispositivos, clusters de borda e nuvens. Estamos orgulhosos dessa colaboração multidisciplinar e acreditamos que estamos em uma posição única para explorar novas aplicações, casos de uso e modelos de negócio para a 5G que finalmente transformarão o seu potencial em realidade. Estamos empolgados por ingressar na 5G Innovators Initiative”.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo
Info for bonus Review William Hill here.

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes