Menu

Aplicativo permite pagamento antecipado do salário

Aplicativo permite pagamento antecipado do salário

O trabalhador pode receber o valor referente ao tempo trabalhado no mês, no limite de até 50% do salário

A Xerpa, plataforma que busca transformar as relações entre empresa e trabalhador por meio da gestão de processos de RH, criou o aplicativo Xerpay, que permite acompanhar o acúmulo do salário bruto e adiantar quantias do próximo pagamento.

Trata-se de uma ferramenta de gestão de contas, tarefa muito difícil para muitos brasileiros, conforme demonstra estutdo da SPC Brasil.

De acordo com o levantamento, 45% dos consultados admitiram que não realiza um controle efetivo de seu orçamento e 31% afirmam ter insegurança para gerenciar seu dinheiro.

Nesses casos, a tecnologia tem sido grande aliada no controle das finanças e como auxílio para fugir do cheque especial.

Com interface simples, o Xerpay, apresenta um gráfico circular que é preenchido com valores conforme as horas trabalhadas, destaca Paulo Ahagon, CTO da Xerpa.

“Dando apenas um toque na tela, o colaborador pode transferir, quantas vezes e na quantia que quiser, o valor referente ao tempo já trabalhado naquele mês, ficando limitado a 50% do salário, dependendo da escolha da empresa onde trabalha. Do funcionário é cobrado um valor acessível, equivalente a um cafezinho”, diz.

A contratante não precisa se preocupar com o orçamento corporativo. Isso porque essas transferências ficam por conta da Xerpa e, na data definida pela empresa, como o dia do pagamento, o valor adiantado é descontado automaticamente do salário, sem que haja interferência de nenhuma das partes.

“A ideia parte de que, ao trabalhar durante um dia, o colaborador já tem direito ao seu salário. Isso significa que se o dinheiro é do funcionário, por que esperar uma data específica para recebê-lo?”, afirma o executivo.

Essa possibilidade de adiantar o pagamento cria uma liberdade financeira para seus usuários, permitindo que façam uma espécie de saque quando quiserem ou precisarem, evitando que façam dívidas para cobrir imprevistos, por exemplo, reduzindo as chances de que essas pessoas recorrem ao cheque especial, linha de crédito com a maior taxa de juros no Brasil.

Segundo o executivo, esse tipo de iniciativa segue os exemplos de grandes empresas no exterior que já estão se preocupando com a saúde financeira de seus colaboradores, oferecendo liberdade para o pagamento.

Empresas como Starbucks, Outback, Pizza Hut e Uber, entre outras permitem que seus funcionários tenham acesso ao salário.

“É isso que o Xerpay traz para o brasileiro, deixa a decisão na mão do colaborador, que pode receber o salário de forma diária, semanal, quinzenal ou mensal, sem gerar esforço adicional ao empresário. Embasadas por pesquisas que apontam o fluxo de pagamento como um fator importantíssimo na decisão de aceitar uma proposta de emprego, já existe uma percepção por parte das empresas de que a liberdade no pagamento é um ponto forte para a retenção de colaboradores. Além disso, manter saudável a vida financeira dos funcionários impacta diretamente em sua produtividade, colaborando para mantê-los engajados e produtivos, com menos preocupação com suas contas”, finaliza Ahagon.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes