Menu

Inovação para todos os níveis da organização

Inovação para todos os níveis da organização

Inovar não deve ser atribuição de áreas específicas, ou estar restrita a grupos de especialistas. A inovação é algo tão importante para uma empresa se manter competitiva, que deve ser percebida por todos os funcionários como uma prática essencial e, como tal, uma parte da cultura da empresa. Foi com essa visão, que o Banco do Brasil lançou, em abril de 2015, o Pensa BB, seu programa de incentivo à inovação.

 

Patrocinado pelas áreas de gestão de pessoas, estratégia da marca e tecnologia, o Pensa BB atua em diversas frentes para alcançar o objetivo de disseminar e consolidar a cultura de inovação no Banco. Um grande desafio, considerando a complexidade de uma empresa bicentenária, com mais de 108 mil funcionários.

Uma das principais ações promovidas pelo Pensa BB, no ano de 2015, foi a Campanha de Ideias. Concebida em quatro etapas, a campanha se baseou na visão de um processo de inovação inclusivo, voltado para todo o corpo funcional. Seu lançamento, abriu um novo canal para capturar a inteligência dispersa na empresa, oxigenando a organização e criando um fluxo de soluções da base para o topo.

Na primeira etapa, de inspiração, o programa lançou o Portal da Inovação, disponível via desktop ou em dispositivos móveis (Figura 01). Ao acessá-lo, os funcionários tem acesso a conteúdos informativos e inspiradores sobre inovação, suscitando o diálogo e estimulando o pensamento crítico e criativo. O Portal também reúne e dá visibilidade a iniciativas inovadoras em diversas áreas da empresa. Até o final de outubro de 2015, o Portal alcançou mais de 30 mil usuários únicos, cerca de 29% do corpo funcional da organização.

Figura 01 - Portal da Inovação – Acessível por computador e dispositivo móvel.

Na etapa de ideação, todos os funcionários foram desafiados a apresentar sugestões de solução para questões estratégicas, em um amplo e democrático processo de geração de ideias. As áreas participantes selecionaram 58 melhores entre as 3.265 ideias propostas para implementação. O envolvimento no processo de ideação e seleção criou uma rede que ligava, diretamente, o funcionário da ponta à alta direção, conectando a base às soluções estratégicas.

Na terceira etapa, o processo de implementação ocorre de forma transparente, podendo ser acompanhada pelos funcionários em uma plataforma social gamificada. Além de dar visibilidade aos autores das ideias, são criadas conexões entre autores, gerentes de implementação e colegas interessados, que podem interagir dentro do sistema.

Até o mês de outubro de 2015, apenas dois meses após seu lançamento, o Game de Inovação do Pensa BB já tinha aproximadamente 7.300 participantes (Gráfico 01). O gráfico abaixo ilustra a ascensão do programa.

            Gráfico 01 - Game de Inovação: Crescimento do número de usuários

Ao final, na etapa de Reconhecimento e Premiação, após avaliação de um comitê multidisciplinar, os autores das melhores ideias, os melhores implementadores e os melhores investidores no game de inovação recebem o reconhecimento pela participação. As premiações são variadas e voltadas para o fortalecimento da cultura de inovação, envolvendo desde livros sobre o tema a visitas a renomadas instituições no exterior, referência em inovação.

A consolidação da cultura é, necessariamente, permeada pela educação e formação das pessoas. Por isso, paralelamente à campanha de ideias, estão disponíveis ações de capacitação, desenvolvidas de forma articulada com a Universidade Corporativa do Banco do Brasil (UniBB). Em 2015, mais de 54 mil capacitações de colaboradores foram concluídas.

Os primeiros frutos desse trabalho já começam a ser obtidos. A implementação de ideia de um funcionário, vencedora de edição piloto do Programa Pensa, realizada em 2014, já rendeu ao Banco a recuperação de R$1.5 bilhões em ativos e tem sido destaque na mídia nacional[1].

Neste sentido, o Programa facilita que a empresa funcione como um organismo vivo, onde os funcionários atuam como catalizadores de mudanças. O Pensa BB se apresenta como uma relevante estratégia, que dá visibilidade ao colaborador, favorecendo o fortalecimento da cultura de inovação na empresa.

 

  • ÉPOCA NEGÓCIOS. A partir da ideia de um funcionário, Banco do Brasil recupera R$1.5 bilhão. 2015. Disponível em: http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Acao/noticia/2015/10/partir-da-ideia-de-um-funcionario-banco-do-brasil-recupera-r-15-bilhoes.html. Acesso em: 26 out. 2015

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes